Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

27/01/2009

Violência: Comerciante é agredido ao ser rendido em assalto

Um comerciante de 63 anos, morador do bairro Portal dos Faveiros, foi rendido ontem por volta de 01h15 quando, de dentro de seu carro, um Vectra ano 2000, com placas de São Paulo, estacionado na avenida Leandro Ratisbona de Medeiros, aguardava pela chegada de sua filha.
O nome da vítima, por questão de segurança, foi preservado e um dos autores foi preso ontem à tarde. Momentos depois do roubo os policiais militares receberam uma denúncia de que um senhor caminhava pela estrada Cleto Galli e dizia que havia sido assaltado. Os policiais foram ao local e o resgataram, quando então ele pôde dar sua versão do que havia ocorrido.
Os assaltantes não se intimidaram pelo fato da vítima estar próximo a um bar onde ocorria um show de pagode e haver movimento de pessoas, para realizar a abordagem. No citado horário, conforme narrou o comerciante, os bandidos, em número de três, se aproximaram e anunciaram o assalto. Enquanto um dos assaltantes sentou no banco de trás do Vectra, os demais ocuparam os bancos da frente. O comerciante foi obrigado a princípio a ficar entre os dois marginais dividindo o espaço. Quando todos já haviam embarcado o ladrão que estava na parte de trás do carro passou a puxar o comerciante para que ele fosse para o espaço traseiro, sendo auxiliado pelos comparsas. O marginal que ocupara o local destinado ao motorista colocou o carro em movimento. Já no banco detrás, o comerciante foi obrigado a ficar com a cabeça abaixada e com uma camisa sobre o corpo. Durante o percurso os bandidos o agrediram com socos e ao chegarem na citada estrada, ao pararem o Vectra o revistaram e novamente o agrediram, enquanto se apossavam do que encontravam de valor. Na seqüência o trio fugiu com o veículo levando ainda um aparelho celular, documentos pessoais, cartões de crédito, dois cheques preenchidos nos valores de R$ 2.000,00 e R$ 1.800,00, documentos do Vectra e R$ 2.300,00 em dinheiro. A vítima foi encaminhada ao Pronto-socorro e posteriormente, ao ser liberado, passou as descrições dos marginais. Ontem pela manhã o carro foi localizado abandonado em um canavial nas proximidades da estrada vicinal Francisco Salla. A Polícia agiu rápido e ontem mesmo um dos acusados foi preso. (SRF)

Ladrões usam o carro em manobras arriscadas

Confiantes de que provavelmente não seriam presos, os autores do assalto utilizaram o Vectra pela manhã para promoverem manobras arriscadas no bairro Sílvia Covas. Mas, através de denúncias, policiais militares e civis prenderam ontem à tarde um dos acusados de participação no roubo do comerciante. De acordo com delegado que está cuidando do caso, Nivaldo Martins Coelho, os três autores são moradores do bairro Sílvia Covas. “Logo pela manhã recebemos denúncias de que os acusados estavam fazendo manobras arriscadas com o carro roubado nas ruas do bairro onde residem, no chamado cavalo-de-pau”, destacou o delegado. A partir destas informações os policiais foram até o bairro, mas não encontraram nada. Somente horas mais tarde chegou até os policiais a informação de que o Vectra estava abandonado em um canavial. Segundo Nivaldo, através dos arquivos fotográficos a vítima do assalto reconheceu R.F.S., 25 anos, mais conhecido como “Tutú”, que já tem passagem pela Polícia e até o dia 23 de dezembro estava preso em uma penitenciária paulista, acusado de roubo. Junto com Tutu os policiais detiveram para averiguação um segundo suspeito, mas, até o fechamento desta edição não havia a confirmação de sua participação no crime. Outra vítima reconheceu Tutú como autor do roubo de sua motocicleta (veja matéria à parte). O acusado, ao ser ouvido, negou qualquer participação nos dois roubos. Com ele os policiais encontraram R$ 210,00 em quatro cédulas de 50 e com o suspeito, que o acompanhava no momento da prisão, R$ 200,00. Este total o acusado afirmou para os policiais que havia recebido de Tutú. Para o delegado, grande parte dos assaltos ocorridos recentemente na cidade teve a participação dos acusados. (IA)

Assaltantes encapuzados e armados rendem porteiro

Dois assaltantes armados e encapuzados, um deles apontado pela a Polícia como sendo Tutú, renderam às 21h19 de sábado o porteiro A.G.S., 23 anos e roubaram, além de um aparelho celular, crachá, uma camisa de uniforme, sua carteira com R$ 20,00 e capacete, a moto do trabalhador, uma Honda Titan 150 ano 2008. Segundo o porteiro, no citado horário ele foi surpreendido pela dupla que invadiu pelos fundos o local onde trabalha, uma empresa na estrada Irmãos Buranello, que de armas em punho anunciaram o assalto. Durante a ação os marginais disseram para a vítima do roubo que estavam fugindo e que queriam a moto somente para esta finalidade. O porteiro foi levado para os fundos da empresa e teve os olhos vendados com uma camisa e, antes de fugirem, os invasores ordenaram que ficasse quieto, o que foi obedecido. Somente após ouvir o barulho do veículo se distanciando o trabalhador procurou ajuda junto a Polícia. (SRF)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.