Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você concorda que a lista de espera para cirurgias e exames em Penápolis deve ser divulgada para acompanhamento dos pacientes?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

20/09/2013

Vereador pede reajuste salarial para funcionários da Santa Casa

A Câmara Municipal de Penapolis aprovou segunda-feira requerimento do vereador Francisco Jose Mendes, o Tiquinho (PSDB), em defesa da concessão de reajuste salarial para os funcionários da Santa Casa. O tucano cita o acordo coletivo entre o hospital e o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviço de Saúde de Araçatuba. Para 2012, o beneficio seria de 4,90% (INPC-IBGE) e 2,10% de aumento real.

"Somos conhecedores das dificuldades financeiras da Santa Casa de Penapolis, mas seus funcionários necessitam do beneficio. Temos que também ter ações contra a grande defasagem da tabela SUS paga pelo governo federal", diz Tiquinho.

O vereador Zeca Monteiro (PT), pediu transparência na discussão de reajuste salarial para os funcionários da Santa Casa. "Esperamos que o requerimento seja respondido e que possamos acompanhar tudo o que acontece naquela instituição".

O presidente da Câmara Municipal, Caíque Rossi, enalteceu o trabalho dos funcionários da Santa Casa e reforçou solicitação para um estudo aprofundado para atendimento com reajuste.

Os vereadores Fabio Pereira, o Fabinho (PSDB), Jose Santino, o Zezinho Leiteiro (PT) e Rodolfo Valadão Ambrosio, o Dr. Rodolfo (PV), repercutiram também a importância e qualidade do serviço prestado pelos funcionários da Santa Casa.

 

Muros

A Câmara Municipal aditou por tempo indeterminado projeto de lei apresentado pelo vereador Ricardinho Castilho (PV), com exigência de altura mínima de 1.80 m, reboque e pintura dos muros em terrenos urbanos, localizados no perímetro central da cidade. A medida atendeu solicitação do autor da matéria. Ricardinho Castilho explicou que a suspensão da obrigatoriedade proposta leva em conta as dificuldades financeiras no município.

A Câmara Municipal aprovou dois projetos do Executivo: Plano Plurianual do Município para o quadriênio 2014/2017 e suplementação no orçamento do município em R$ 1.042.155,00. Os recursos atendem a Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Obras, Fundo Municipal de Saúde e Fundo Municipal de Assistência Social e Cidadania. Imprensa/Câmara

 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.