Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

21/02/2013

Vereador pede para Penápolis programa de reforma de casas populares

Imprensa/Câmara
Detalhes Not�cia
Vereador Jonas do Povo (direita) com o diretor do Banco do Povo de São Paulo, Antonio Mendonça

O vereador Jonas Chamareli (PV), o “Jonas do Povo”, indicou à administração municipal de Penápolis ações com o governo de São Paulo para a disponibilização do programa “Casa Paulista” na cidade. Trata-se de projeto ligado ao Banco do Povo destinado à reforma de casas populares. Segundo Jonas, o benefício atende por enquanto conjuntos habitacionais da CDHU, mas poderá  ser estendido.  As linhas de microcrédito com juros subsidiados  são  no valor individual de até R$ 7.500,00, que podem ser divididos em até 36 parcelas. A taxa de juros é de 0,5% ao mês.
Desenvolvido para apoiar a população de menor renda na reforma, ampliação ou adequação de moradias, o convênio Casa Paulista/Microcrédito Banco do Povo possibilita aos mutuários da CDHU fazer empréstimo para melhorias nos seus imóveis.  A oferta do microcrédito foi uma das primeiras ações da Agência Casa Paulista, criada em setembro de 2011 pelo Governo do Estado de São Paulo para fomentar a habitação de interesse popular e acelerar o atendimento à demanda habitacional em território paulista.
Entre os requisitos para participar do programa, é preciso ser mutuário da CDHU, residir no imóvel objeto do financiamento, estar adimplente com a Companhia, ter renda familiar de até cinco salários mínimos, não possuir restrições cadastrais e apresentar fiador. O requerente deve apresentar RG, CPF, comprovante de residência e cópia do pagamento. No momento, os municípios abrangidos pelo programa Casa Paulista/Microcrédito Banco do Povo são: Arujá, Barueri, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guararema, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Marília, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Presidente Prudente, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Salesópolis, Santa Isabel, Santana de Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Lourenço da Serra, São Paulo, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista. Até o final de março também serão incluídos os municípios de Araraquara, Bauru, Araçatuba, Franca, Barretos, Ribeirão Preto, Campinas, Registro, Baixada Santista, Sorocaba e São José dos Campos.

Emprego
O vereador Jonas do Povo também contata a administração municipal para a criação do  “Time do Emprego” em Penápolis. O programa consiste numa organização de ajuda na recolocação  de trabalhadores no mercado  de trabalho e o primeiro emprego. Em contato com o prefeito Célio de Oliveira (PSD), o vereador já recebeu manifesto de interesse pela viabilização do programa. Imprensa/Câmara 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade