Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

13/06/2018

Tradição: Difusora FM comemora 68 anos no ar em Penápolis

Imagem/Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Parte da equipe da Rádio Difusora participou de uma programação especial na manhã de ontem

DA REPORTAGEM

A Rádio Difusora de Penápolis (88,3 FM) completou ontem 68 anos de fundação. O aniversário da emissora é comemorado no Dia dos Namorados, razão pela qual é carinhosamente chamada de “Namoradinha da Cidade”. Fundada em 12 de junho de 1950, a rádio conquistou o público penapolense, que acompanha os programas e histórias contadas pelos diversos locutores que já passaram por seus microfones durante todos estes anos. 
Para comemorar a data especial, o locutor Luciano Silva, o Preguinho, conversou na manhã de ontem com ex-locutores e também os que ainda fazem parte da casa, como Paulo Dellalio e o Souzinha, oportunidade em que puderam relembrar histórias vivenciadas e curiosidades sobre a produção de seus respectivos programas. 
Luciano também conversou com o prefeito e locutor Célio de Oliveira, que se afastou da rádio para assumir a Prefeitura. Ele ressaltou a importância da Difusora para a cidade e também a alegria em fazer parte da equipe. 
A equipe de locutores é formada por Valdir Lahr, o “Caboclão”, o radialista mais antigo, atuando com mais de 50 anos na emissora, onde apresenta o programa “Na Beira do Rancho”. Souzinha, que tinha apenas 15 anos de idade quando começou a trabalhar na Difusora, em 1972. Em 1986, começou sua carreira de locutor com o programa “Paixão Sertaneja”, das 5h00 às 8h00, permanecendo até hoje no comando do horário e ainda há o experiente Paulo Dellalio, que apresenta programa diário com seu nome todas as tardes há 17 anos.
Além deles, fazem parte da equipe o locutor e produtor Jefferson Brandão, o JB; a programadora Norair Pardim; o operador de áudio Vanderlei Ramires e a Renata Fioreli de Andrade. Recentemente, Leandro Dualib também passou a integrar a equipe no setor jornalístico. 
A equipe esportiva é composta por Tony Gali, José Raphael Caputo, o Carioca, e o Preguinho.

Revelação
Luciano Silva, além de integrar a equipe de esportes, é quem comanda atualmente as manhãs da Difusora, com o  programa Luciano Silva e Você. “Eu já fazia os trabalhos de técnica de som quando surgiu a oportunidade fui convidado a assumir um dos horários de maior audiência da rádio, o que me deixou muito contente pela responsabilidade”, destacou.
Esta é a primeira vez que ele tem um programa de rádio, atividade na qual considera um grande privilégio. “Estar nas manhãs da Difusora é uma grande honra. Tenho grande apoio da direção da emissora, em especial do Roberto Egreja e do Carlos Roberto da Silva, o Betão, os quais sou muito grato. O retorno que tenho tido dos ouvintes tem sido muito grande e gratificante. Felizmente tenho tido um carinho muito grande dos nossos ouvintes, o que me dá força para seguir em mais este desafio”, acrescentou. Silva teve sua primeira passagem pela Difusora em 1998, quando foi contratado para trabalhar como Office-boy, permanecendo até 2001. Ele ficou afastado do rádio até 2010, quando retornou para a Difusora com a função de operador de áudio.
Amante do futebol e da comunicação, Preguinho teve seus primeiros passos reconhecidos em 2012, quando foi convidado pelo narrador Tony Gali a compor a equipe esportiva da Difusora com as reportagens de campo nas transmissões de futebol, mas engana-se quem pensa que ele começou bem a função. “Minha primeira transmissão foi um desastre. Fomos fazer um amistoso do Penapolense em Avanhandava e meu medo de entrar no ar era tanto que eu cheguei a me esconder atrás de uma árvore na tentativa de não ser visto. Até uma lista com tudo o que eu tinha que falar eu escrevi  naquele dia”, lembrou. Com mais experiência com o microfone, ele ganhou mais espaço no ano passado e está à frente do programa Bate Bola, que, diariamente, leva as informações do esporte local, regional e nacional. “Fico muito feliz com a história que venho construindo com o apoio e ensinamentos de amigos da área. O carinho dos ouvintes também é muito importante. Aos poucos vou crescendo profissionalmente, levando meu trabalho para as pessoas”, finalizou.  

História
Fundada em 12 de junho de 1950, por Francisco Alves da Silva, o “Chico da Rádio”, que possuía um serviço de alto falante na cidade, a emissora é uma referência na comunicação, calcada no pioneirismo de uma programação sempre voltada para a prestação de serviços, utilidade pública, entretenimento com músicas de qualidade e notícias sempre em primeira mão. Até a metade da década de 80, foi administrada pela família, Santos Silva. Depois de uma negociação, a rádio foi assumida por um grupo de empresários de Penápolis e de Votuporanga e posteriormente pela familia Egreja, atráves do empresário Celso Egreja. No fim da década de 90, a Difusora foi adquirida por Roberto Egreja, empresário do setor sucro-alcooleiro. Localizada à avenida Antonieta Vilela Ferreira, 900, tem um prédio referência no setor.
No ano passado, a Difusora de Penápolis ganhou ainda mais qualidade ao migrar sua sintonia do AM para o FM, atualmente modulando em 88,3 FM. A programação também recebeu uma nova repaginada, ficando mais moderna, mas sem perder a essência que, nos últimos 68 anos, consolidou a Difusora como a “namoradinha da cidade”.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade