Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

08/01/2015

Tiro de Guerra muda o comando nos próximos dias

DA REPORTAGEM

O Tiro de Guerra 02.027 de Penápolis passará por mudanças em seu comando nos próximos dias com a saída do Subtenente Soares e a chegada do Sargento Gilberto. A mudança já era prevista após dois anos em que Soares esteve à frente do TG, já que este é o prazo determinado para cada comandante. Para ele, poder atuar junto ao TG de Penápolis foi uma tarefa bastante gratificante, pois desenvolveu diversos projetos com resultados bastante positivos. “Além do trabalho com os atiradores, cujo foco é torná-los pessoas de bem, tivemos o objetivo de aproximarmos o TG da comunidade através das famílias dos atiradores e também das próprias atividades desenvolvidas”, comentou. Entre os trabalhos está o auxílio na arrecadação de alimentos para entidades e em atividades promovidas pela Prefeitura de Penápolis. “Nestes dois anos estivemos bastante envolvidos com a comunidade, o que me deixou muito satisfeito e com a certeza de que, mostramos nosso serviço aos cidadãos estreitando laços e incentivando nossos atiradores à serem pessoas de bem, sempre agindo em prol da comunidade”, afirmou. Entre outros projetos desenvolvidos pelo Tiro de Guerra está o trabalho do “Atirador Mirim”, em parceria com as Secretarias Municipais de educação e Esporte, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar entre os meses de junho e dezembro. No projeto, 40 crianças têm a oportunidade de participarem de atividades sócio-recreativas, culto aos símbolos nacionais, orientações e correções de atitudes para convivência em grupo através do respeito às individualidades pessoais. “O projeto apresentou resultados bastante positivos, pois as crianças se sentem em trabalhos rotineiros do exército, onde recebem uniformes doados pela própria comunidade, deixando-os bastante entusiasmado com o projeto e aprendem noções de civismo, sendo preparados para o futuro como cidadãos”, acrescentou Soares. O comandante aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio que recebeu no período em que esteve em Penápolis. “Agradeço à população que sempre me acolheu muito bem, às autoridades pela cordialidade e aos amigos que estiveram comigo. Além de minha família, que sempre me motivou, apoiou e esteve ao meu lado em todos os momentos”, finalizou. Soares deverá assumir trabalhos no 10º Regimento de Cavalaria Mecanizada de Bela Vista (MS). 

Novo comando
Em substituição ao Subtenente Soares, quem assume o posto é o Sargento Gilberto Mareco Palermo. Ele atuava na 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados (MS) e garante já ter tido boa impressão sobre Penápolis. “Tive uma boa imagem da cidade. Além de ser bem organizada a população parece ser bem receptiva, o que me deixou bastante contente”, comentou. Gilberto chegou nesta semana e já iniciou o processo necessário para assumir a função. “Esses dias estão sendo de muita conversa com o Subtenente Soares para que ele passe todos os procedimentos adotados pelo TG para que eu me atualize e habitue sobre a função”, afirmou. Para ele, o importante é manter os trabalhos realizados até o momento. “Claro que tenho alguns projetos para serem realizados, mas a ideia inicial é manter os que estão sendo executados, até por que são projetos que têm surtido bons resultados, o que também me deixa muito contente e motivado a continuá-los”, disse. Para ele, outro foco do TG deve ser relacionado aos atiradores. “Toda vez que trabalhamos com eles, o objetivo é a formação de cidadãos, incentivando jovens. Acredito que um legado só permanece quando se mostra o caminho, e este é o meu objetivo, formar cidadãos através do serviço militar”, finalizou. O Tiro de Guerra de Penápolis trabalha com 50 atiradores, mas anualmente pelo menos 500 jovens com idade a partir de 18 anos são alistados.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade