Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você utiliza os Ecopontos da cidade para o descarte correto de entulhos?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

09/09/2010

Supervisão: Feltrin visita entidades e conhece programas do SOS

Detalhes Not�cia

A Sasc (Secretaria de Assistência Social e Cidadania) de Penápolis realiza frequentemente um trabalho de supervisão das entidades sociais que recebem subvenção municipal, estadual ou federal.  Na última quarta-feira, 08, o secretário de Assistência Social, Carlos Alberto Feltrin, acompanhado da assistente social Marli Aparecida Escardolveli Alcântara, efetuou a supervisão no SOS (Serviço de Obras Sociais).  Feltrin aproveitou a visita para conhecer os programas desenvolvidos naquela entidade, bem como os profissionais que trabalham lá. Todas as outras entidades sociais do município também passarão pelo mesmo procedimento.
Atualmente o SOS desenvolve seis programas sociais, sendo que a Legião Mirim só recebe subvenção municipal, e os outros cinco programas recebem subvenção municipal, mas também tem convênio com o Governo do Estado, são eles: Ação Jovem; Fortalecendo a Família/Renda Cidadã; Despertar; Migrante e Casa de Estar.
Durante a visita o secretário Feltrin foi conduzido e orientado pelo vice-presidente do SOS, Arnaldo Rodrigues Alves, que na ocasião, representava o presidente Ricardo Antônio Pelício.
“Faço questão de acompanhar a essa supervisão que é feita pelas assistentes sociais da Sasc a todas as entidades, pois dessa forma posso me inteirar melhor sobre as entidades sociais do município e os trabalhos que são desenvolvidos por elas”, destacou Feltrin. Ele adiantou que tem a proposta de realizar um grande evento para arrecadação de recursos para todas as entidades.

Atendimento
O Projeto Despertar atende uma média de 45 crianças de 10 a 14 anos; a Legião Mirim atende 150 adolescentes por semestre de 14 a 18 anos; o Ação Jovem trabalha no atendimento de cerca de 140 jovens; o Renda Cidadã atua diretamente com a família e os dois últimos programas são voltados para o atendimento da população de rua, o projeto Migrante, que dá comida e pouso para as pessoas que estão em trânsito entre as cidades e a Casa de Estar que oferece moradia para 17 pessoas que decidiram deixar a rua.
Para coordenar esses projetos, o SOS conta com uma equipe composta por três Assistentes Sociais, Cristiane Franzoi Cândido, Paula Renata Ronconi de Almeida e Luciana Feliciano Caputo; duas Psicólogas, Camila Cardoso Luz e Regiane Aparecida Monte,  uma Terapeuta Ocupacional, Michele Perez Rodrigues, uma Pedagoga, Regina Berenice Araújo; um Educador Físico que atua como professor de Karatê, Claudemir Urso e duas estagiárias, Mariana Soares e Letícia Ferracini.

Secom – PMP

Foto: Feltrin e Marli, da Sasc, foram recepcionados pela equipe de profissionais do SOS

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.