Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você tem respeitado a quarentena e ficado em casa neste período de pandemia?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

28/05/2016

Som e depredação: Perturbação de sossego ainda é assunto do Conseg

Imagem/Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Representantes de órgãos ligados à segurança estiveram presentes em reunião do Conseg que continua discutindo perturbação de sossego

DA REPORTAGEM

A perturbação que os jovens têm causado com som alto aos fins de semana e a depredação de praças públicas voltou a ser tema de discussão do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) de Penápolis nesta semana. Como muitas vezes o problema acaba tendo o envolvimento de adolescentes, desta vez, participaram do encontro, representantes do Conselho Tutelar, das Polícias Militar, Civil e Rodoviária, Ministério Público, Sincomércio e Prefeitura Municipal. Na oportunidade, foram mostradas fotos da depredação ocorrida em uma praça do Residencial Mais Parque, onde tem sido grande a aglomeração de jovens nos fins de semana que vão ao local ouvir música e consumir bebidas alcoólicas. “O problema é que muitos destes jovens acabam exagerando no som alto, o que incomoda as pessoas que moram nas proximidades. Além disso, o consumo de bebidas é grande, o que resulta em jovens alcoolizados, gerando brigas e depredação da praça”, afirmou o presidente do Conseg, João dos Santos, o Jaó. Segundo ele, em um único fim de semana ele registrou a destruição de lixeiras, lixo jogado no chão, placas derrubadas, bancos e mesas destruídos, além de diversos indícios de que o lugar está sendo usado para o consumo de drogas. “É chato uma família ir a um lugar no domingo de manhã, onde na noite anterior, pessoas estiveram e danificando o local, deixando lixo e garrafas de bebidas jogadas. A praça foi construída para momentos de lazer e não de bagunça e vandalismo”, ressaltou. Diante da problemática, foi questionado o trabalho da Polícia Militar no local. O tenente responsável pelo pelotão de Penápolis, Flávio Zambrosi, esclareceu que o policiamento tem sido reforçado no local assim como ocorreu em outros pontos onde havia este tipo de reclamação. Entretanto, ele ressaltou que a Polícia Militar não pode se limitar a atender todo tipo de ocorrência registrada neste local. “Temos que nos dedicar a outros crimes. Não podemos ficar somente resolvendo desentendimentos e perturbação de sossego no local e deixar outros setores da cidade sem atendimento”, explicou.

Ação de todos
Durante o encontro, foi discutido ainda o fato de estabelecimentos comerciais do centro da cidade vender bebidas alcoolicas até tarde, principalmente aos fins de semana. Os membros do Conseg relataram, mas uma vez, que isso também tem atraído a atenção de jovens e adolescentes que vão ao local com música alta, praticado também a perturbação de sossego, consumo de drogas e atos libidinosos também no centro da cidade. De acordo com o promotor Fernando César Burghetti, problemas como estes já foram registrados em outros pontos da cidade, mas que, com algumas proibições, o problema apenas migrou para outros locais da cidade, sendo necessária uma ação mais eficaz. “Não adianta ficarmos empurrando o problema, mas temos que agir e procurar todos os que podem agir em casos como estes, evitando novas perturbações e outros problemas decorrentes disso”, afirmou. Por fim, foram cobradas ações do Poder Executivo em relação ao problema. Membros do Conseg disseram que já enviaram ofícios ao prefeito Célio de Oliveira (PSDB) explicando a situação destes pontos e pedindo ajuda na solução, mas ainda não havia recebido nenhum posicionamento oficial. Como forma de cobrar do Executivo uma participação mais eficaz sobre o assunto para colaborar nas soluções dos problemas apresentados, o Conseg quer se reunir no próximo mês, no gabinete do prefeito para que ele participe ativamente, pois até agora ele vinha sendo representado pelo Secretário de Trânsito e Mobilidade Urbana, Carlos Martins.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.