Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem cuidado de sua saúde através de uma alimentação saudável?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

12/07/2019

Solidariedade: SOS combate o frio de moradores de rua com doações

Imagem/Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Moradores de rua recebem alimentos e atendimento de profissionais especializados do SOS

DA REPORTAGEM

O Serviço de Obras Sociais (SOS) de Penápolis está realizando a campanha Varal Solidário, que tem o objetivo de destinar agasalhos e cobertores para moradores de rua cadastrados junto à entidade, bem como as pessoas migrantes em trânsito pelo município. A campanha vem sendo realizada devido ao intenso frio dos últimos dias como forma de ajudar na proteção aos moradores de rua. O projeto faz parte do Serviço de Acolhimento Institucional para Adultos e sua Família, a Casa de Passagem, que recebe diariamente moradores de rua e é executado durante todo o ano, oferecendo a eles, o devido acompanhamento com psicólogos, assistentes sociais e educadores sociais.
Segundo a assistente social e coordenadora do Serviço, Nayara Sussai de Oliveira, nenhuma morte de morador de rua foi registrada em Penápolis devido ao intenso frio neste ano, mas que os cuidados oferecidos a eles são importantes. “Existe uma preocupação muito grande por parte das pessoas por conta do frio que tivemos no fim de semana passado, por exemplo. Por isso temos esta iniciativa como forma de ajudá-los. A campanha se faz através da doação da comunidade. São roupas doadas pelas pessoas e que são revertidas para os usuários em situação de vulnerabilidade”, explicou. 
Ela afirmou que o SOS possui o cadastro dos moradores de rua na cidade e que por isso consegue ter o controle sobre às doações, destinadas exclusivamente a eles. “A campanha é destinada para as pessoas inseridas no serviço e acompanhadas pelos profissionais do SOS. Nosso objetivo é o de oferecer, além dos agasalhos e cobertores, também o apoio da equipe pela qual são acompanhados”, destacou. 

Casa de Passagem
O serviço prestado pela entidade existe há 10 anos. Ele oferece o acolhimento a moradores de rua e migrantes em trânsito pelo município, onde, além do acompanhamento do corpo de profissionais especializados no devido atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade, ainda oferece quatro refeições diárias, sendo café da manhã e da tarde, além de almoço e jantar. Além disso, a entidade conta ainda com parceria com o CAPS AD, oferecendo encaminhamento para acompanhamentos específicos conforme a necessidade de cada morador. 
De acordo com o que explicou a assistente social, somente no mês de junho foram oferecidos mais de 850 atendimentos de forma geral sobre o serviço prestado pela entidade neste sentido. Nayara explicou também que Penápolis possui hoje cerca de 30 moradores de rua. O levantamento é possível porque uma equipe do SOS percorre todos os pontos rotineiros destes moradores. “Este acompanhamento é feito diariamente, percorrendo todos os pontos onde estes moradores costumam ficar. Já nesta visita, além do cadastro de algum novo morador, também realizamos o devido acompanhamento junto aos demais”, disse.
Como parte do serviço, eles também contam com as refeições diárias, servidas na própria sede do SOS. O trabalho tem ainda a parceria com a Prefeitura de Penápolis.
“Entretanto, a grande maioria daquilo que é oferecido conta com a contribuição das pessoas, que são fundamentais para manter este trabalho de apoio aos moradores de rua. Temos nosso telemarketing e também aquelas doações feitas de forma espontânea”, finalizou Nayara.
Quem quiser contribuir com os projetos mantidos pelo SOS, bem como com a doação de agasalhos e cobertores pode entrar em contato com a entidade através do telefone (18) 3652-1976, ou ir diretamente ao SOS, que fica na avenida Antônio Veronese, 27 A, na Vila América.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.