Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

12/07/2018

Secretaria de Saúde realiza combate à hepatite

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou a Campanha Municipal de Luta Contra as Hepatites Virais em todas as unidades de saúde nesta semana em alusão ao “Julho Amarelo”. A Campanha é realizada em uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde e o SAE – Serviço Ambulatorial Especializado DST/HIV/Aids/Hepatite virais.
Segundo a coordenadora do SAE, Terezinha Rodrigues, o objetivo da campanha é intensificar o diagnóstico, prevenção e educação sobre as hepatites virais. “Todas as unidades de saúde oferecem testes rápidos para a realização de exames. Caso o diagnóstico seja positivo, o paciente será encaminhado para tratamento gratuito da rede pública se saúde”, afirmou.
Todos os casos positivos serão encaminhados para tratamento gratuito na rede pública, com uma equipe especializada de enfermeiros e médicos do SAE – CTA (Serviço Ambulatorial Especializado – Centro de Testagem e Aconselhamento DST/HIV/Aids/Hepatite virais). 
A coordenadora ainda explica o exame é bastante simples, com diagnóstico rápido. “A realização do teste é muito simples, apenas com uma punção digital, ou seja, um pequeno furo no dedo. O resultado fica pronto em 15 minutos”, explica ela. Vale lembrar que todo o processo de teste, diagnóstico e tratamento é feito de maneira individual e sigilosa.

Hepatites
A hepatite B é uma inflamação do fígado também causada por infecção viral, é contagiosa, pois o vírus pode ser transmitido através do sangue, sêmen ou secreções vaginais. As hepatites A e B podem ser prevenidas por vacinação. Até o momento, não há vacina para a hepatite C.
A Hepatite C pode ser transmitida por transfusão de sangue; compartilhamento de material para uso de drogas, higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou para confecção de tatuagem e colocação de piercings. 
Ainda pode ser transmitida, de forma mais rara, pela mãe infectada para o filho durante a gravidez e pelo sexo sem camisinha com uma pessoa infectada (mais rara).
“Por se tratar de uma doença silenciosa, com poucos sintomas, o diagnóstico precoce da hepatite amplia a eficácia do tratamento. Apesar de raro, as pessoas com Hepatite C podem apresentar cansaço, tontura, enjoo ou vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras”, alerta Terezinha.

Procure o SAE
Quem não puder participar da campanha, pode procurar o SAE – CTA. No local são realizados os testes para sífilis, HIV e hepatite B e C. 
O Serviço está localizado na rua Anchieta, 540 – Centro, aos fundos da Clínica de Especialidades. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 07h às 11h e das 13h às 16h. Mais informações pelo telefone (18) 3654-2322.

Secom – PMP

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade