Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

21/08/2010

SAÚDE PÚBLICA: Penápolis e Birigui ganham UPAs

DA REPORTAGEM

O Ministério da Saúde autorizou esta semana a construção de 28 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) em todo o país. Dentre os municípios beneficiados em nossa região, está Penápolis e Birigui que foram contempladas com este serviço. Estas unidades têm como objetivo ampliar o atendimento de urgência e emergência nas cidades em que atendem. Cada um dos dois municípios terá o investimento de R$ 1,350 milhão para equipar e construir a unidade, além de R$ 100 mil mensais para manutenção após os primeiros atendimentos. Em ambos os municípios, as obras devem ficar prontas em um ano. Os atendimentos e serviços prestados como exames de sangue, eletrocardiograma, raio x, além de leitos de observação serão feitos gratuitamente. A capacidade de atendimento das UPAs varia de 150 a 450 pacientes por dia, conforme o porte das unidades. Conforme informou o secretário de Saúde Arthur Andreatta, juntamente com o Ministério da Saúde irá estudar quais as opções de local que poderia ser construída a unidade. “Além de melhorar o atendimento da saúde na cidade, serão repassados mensalmente uma quantia que irá ajudar na manutenção da entidade”, comentou. O secretário ainda informou que não está descartada a hipótese de utilizarem o recurso para a reforma do Pronto-Socorro, melhorando o atendimento prestado pela unidade hospitalar.

Dados
Dados do Ministério da Saúde mostram que quando necessário, o paciente é encaminhado a um hospital de referência, mas 97% dos casos são resolvidos por estas unidades. No total, as novas UPAs atingirão cerca de 5,3 milhões pessoas em 22 municípios de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Amapá e Rio Grande do Sul, podendo todas atender até oito mil pacientes por dia. As unidades cumprem o papel de assistência entre a atenção básica e os hospitais, onde por meio delas, o SUS (Sistema Único de Saúde) passou a contar com uma rede mais organizada que integra também o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com o atendimento 24 horas oferecido nas UPAs. (IA)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade