Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você está otimista em relação a participação do Penapolense na Série A-2 deste ano?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

18/08/2019

Realização de um sonho: Menina busca recursos para participar de final de concurso

Imagem/Arquivo Pessoal
Detalhes Not�cia
Eloá, de sete anos, está na final do Miss São Paulo Infantil-Teen, mas busca recursos para participar da última etapa de concurso

DA REPORTAGEM

O sonho de uma penapolense de apenas sete anos em ser modelo, podendo ainda atuar, cantar e dançar, pode estar próximo de se realizar. Tudo vai depender de sua capacidade e também da ajuda das pessoas. Eloá Damarys Alves Domiciano nasceu em Penápolis, mas há quatro vive com os pais em Novo Horizonte (SP), onde foram buscar oportunidade de emprego. Ela é uma das classificadas para a final do concurso Miss São Paulo Infantil-Teen, considerado o mais importante e completo do estado de São Paulo. Entretanto, apesar de sua classificação juntamente com outras crianças do estado, Eloá e seus pais enfrentam a dificuldade financeira para conseguir levar a pequena à capital paulista, em outubro, quando deve ocorrer a grande final.
A mãe da modelo, Juliana Alves Silvério, explicou que a filha sempre teve o sonho de trabalhar como modelo. “Ela sempre levou jeito para isso. A Eloá é muito espontânea, sorridente e carismática, chamando a atenção por onde passa, mas nunca tínhamos pensado em inscrevê-la em um concurso, sempre achamos que seria algo somente da cabeça dela”, comentou a cuidadora de idosos.
Entretanto, foi no ano passado que o sonho começou a ganhar esperanças. A mãe de Eloá explicou que a cidade de Novo Horizonte recebeu uma das seletivas municipais para o concurso, oportunidade em que resolveu fazer a inscrição da filha através de uma agência. “Nossa primeira emoção foi quando nos falaram que ela havia sido uma das classificadas na etapa municipal. Ficamos muito felizes e foi uma grande surpresa, pois não esperávamos isso”, destacou. 
Vencida a primeira etapa, Eloá passou por testes fotográficos e começou a sentir na pele as primeiras responsabilidades de uma modelo.
Em abril deste ano, ela foi a São Paulo participar da semifinal do concurso. Desta vez, os trabalhos foram outros. Diferente da experiência vivida na etapa municipal, agora Eloá teve que deixar a vergonha de lado e encarar desfiles cada vez mais complexos, como em traje de maiô. “Ela teve que interpretar uma situação diante dos jurados, até para decorar textos, ela fez seu papel muito bem. No teste de elenco ela recebeu a nota nove, o que também nos surpreendeu”, disse a mãe de Eloá.
A emoção foi maior quando a família recebeu a notícia de que ela estava entre as classificadas para a grande final do concurso. “Quando anunciaram que minha filha havia se classificado, a emoção foi ainda maior. Ela ficou parada me olhando, sem acreditar. A ficha dela só caiu quando eu falei que tinha dado certo, que ela estava na final. Nossa reação foi chorar muito”, enfatizou. Eloá está se preparando para a grande final que será realizada em outubro, a última etapa consiste em diversos quesitos. Ela e as demais concorrentes passarão por uma bateria de testes de interpretação, canto e entrevistas com as maiores agências de modelos do estado. Haverá o desfile das candidatadas em trajes de maiô, de fantasia e de gala, tudo realizado em uma grande festa preparada para a grande final. 
Para Eloá, tudo está sendo motivo de muita emoção e felicidade. “Fiquei muito feliz em chegar na final. Quando fui classificada, chorei muito, fiquei muito feliz por ter chegado até aqui. Tudo está sendo uma experiência nova para mim, que nunca pensei que fosse conseguir”, afirmou a pequena penapolense. 
Apesar da emoção, Eloá sabe que tem uma grande responsabilidade pela frente. “Sei que a final vai ser difícil, haverá muitas etapas a serem vencidas, por isso estou me preparando muito para isso”, enfatizou.

Dificuldades
Apesar de ter chegado tão longe, Eloá e sua família ainda precisam vencer o maior obstáculo até agora: a falta de recursos financeiros. Juliana contou que a família é muito pobre e que o pouco que tem está sendo investido na oportunidade da filha.
Eles moravam em Penápolis, mas a falta de oportunidade de emprego fez com que eles se mudassem para Novo Horizonte há quatro anos. A mãe trabalha como cuidadora de idosos, mas ultimamente, tem ajudado o marido, que é pedreiro para que ele consiga economizar. Desta forma, Márcio Antônio Domiciano não precisa ter gastos com servente, trabalho desenvolvido pela companheira. “Estou o ajudando para que termos uma renda um pouco maior. O dinheiro que ele pagaria para o servente nós guardamos para investir na nossa filha, mas não conseguimos, pois temos que pagar o aluguel da casa em que moramos, e demais gastos. Além disso, temos mais crianças na casa, sendo filhos de nossos outros casamentos. Infelizmente o pouco que ganhamos no dia a dia não é suficiente para cobrirmos nossas despesas com a viagem”, lamentou Juliana.
Para cobrir o hotel durante a permanência na capital paulista e outros pequenos gastos, como alimentação, a família precisaria de quase R$ 2 mil. Além disso, é preciso pagar ainda o transporte, que deverá ser feito com uma van, já que outras duas candidatadas da região também participam desta etapa. 
Mesmo com todo esforço, a família não conseguiu patrocínio para cobrir os gastos. “O vestido de Gala de minha filha está sendo feito de forma voluntária por uma costureira amiga, estamos lutando muito para realizar o sonho da minha filha. É por causa deste sonho que a família tem buscado ajuda das pessoas através de doações, para tentar concretizar o sonho da filha. 
Quem quiser contribuir, de alguma forma, pode entrar em contato através dos telefones (17) 98824-8553 ou (17) 99196-9274, com a Juliana ou Márcio.

Concurso
Considerado o concurso de miss mais importante e completo do estado de São Paulo nas categorias mirim, infantil, pré-teen e teen, com faixa etária compreendida entre 4 e 17 anos. 
O Miss São Paulo Infantil-Teen surgiu da necessidade de um concurso de miss estadual que melhor atendesse aos anseios de candidatas e familiares por um concurso voltado para a inserção e apresentação das candidatas no universo publicitário e no mundo da moda, bem como no âmbito da interpretação, como novelas, comerciais e filmes. Sendo assim, além de grande beleza estética e muito luxo, o Miss São Paulo Infanti-Teen oferece, a todas as candidatas participantes, testes com as maiores agências de modelos e atores do estado de São Paulo. O concurso impõem como a grande oportunidade de descobertas de novos talentos no universo infanto-juvenil do estado.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.