Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

26/08/2009

Projetos de Humanização agradam usuários da Santa Casa

Detalhes Not�cia
A Santa Casa de Misericórdia de Penápolis vem implantando ações que buscam tornar o atendimento aos seus usuários mais humanizado. Para isso atividades são pensadas em conjunto através do Grupo de Trabalho Humanizado que envolve colaboradores dos diversos setores do hospital. Como parte das ações de humanização foi implantado desde o mês de junho o Projeto “Meu Primeiro Retrato” que presenteia todos os nascidos na maternidade da Instituição tanto no SUS quanto no particular, com uma fotografia 13x18 cm sem nenhum custo para os pacientes, tirada no momento em que mãe e bebê se encontram já no quarto. A lembrança impressa em papel fotográfico vem com a descrição da data e horário do nascimento, peso e estatura do recém-nascido, bem como o nome do Obstetra e do Pediatra, que será entregue à paciente antes da alta médica.
“Este projeto envolve emoções, aproximando mãe e filho, tornando esse momento inesquecível, uma experiência única e particular onde a Santa Casa quer participar desta ocasião tão especial” comenta um dos responsáveis pelo projeto o Publicitário Ricardo Muraroto. “Já presenteamos mais de 100 mães desde o início da ação com essa lembrança repleta de grandes significados e emoções, onde com a foto das mães e algumas vezes com o pai presente, conseguimos proporcionar uma relação afetuosa muito positiva entre mãe, bebê e Hospital. Dessa forma nosso objetivo de aproximar e de tornar esse momento especial e único para a família e para a equipe foi alcançado. Outro objetivo do retrato é proporcionar ao bebê uma lembrança de sua história e de seu nascimento quando crescer, e da importância afetiva desse momento” salienta o Psicólogo também responsável pelo projeto Lucas Bondezan Álvares. Diferentes emoções foram percebidas, algumas choraram, outras sorriram, mas todas demonstraram de alguma maneira o sentimento único desses primeiros contatos com o filho. “É um presente muito lindo que vou guardar para sempre, pois poucas têm a oportunidade de fotografar o filho depois do nascimento” relata emocionada Rita de Cássia da Silva paciente do hospital. Além do retrato, os quartos da maternidade particular e convênios onde mãe e filho serão acolhidos também recebem decoração especial. O Projeto “Cegonhas da Alegria” é realizado por iniciativa de colaboradores de diversos setores que enfeitam o quarto antes mesmo de mãe e bebê chegarem, transformando o ambiente hospitalar com desenhos coloridos e divertidos, contando também com uma mensagem de boas-vindas ao recém-nascido. “A intenção do projeto é transformar o ambiente hospitalar de forma mais familiar e acolhedor para a nova família”, relata a Farmacêutica Renata Cristina Vidal uma das idealizadoras do projeto. A integração dos setores do hospital é destacada pela responsável de compras e suprimentos Telma Fernanda Mendonça: “essa ação estimula o trabalho em grupo e a criatividade dos envolvidos, visando a importância de atividades lúdicas e dinâmicas aos colaboradores, dentro da nova proposta do “cuidar de quem cuida”. O projeto tende a beneficiar principalmente a paciente como explica Ângela Sussai, participante do projeto, “percebemos que as mães diminuem a ansiedade e o medo quando surpreendidas pela decoração do quarto”. De acordo com o Administrador Hospitalar, Roberto Bastos, “este trabalho vem de encontro com o anseio de tornar o ambiente hospitalar mais humano e valorizar cada ser humano nascido saudável na entidade, também é um dos objetivos de um hospital que almeja ser “Amigo da Criança”. Dessa forma a Santa Casa de Penápolis está caminhando para a humanização de seu atendimento, tanto para os pacientes quanto para seus colaboradores. Estas ações buscam uma nova cultura de acolhimento hospitalar com qualidade humanizada. (A/I)
        
Foto: Psicólogo Lucas Bondezan e paciente Rita de Cássia que exibe o Meu Primeiro Retrato
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.