Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

12/12/2008

Produtor melhora produção de leite com curso

Detalhes Not�cia

Pecuaristas de leite da região de Alto Alegre comprovaram os benefícios do Programa ProLeite, de capacitação no manejo intensivo de produção leiteira. O curso foi aplicado pelo Sindicato Rural de Penápolis em convênio com o Senar/SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), durante 10 meses em São Martinho do Oeste. A unidade demonstrativa foi a Fazenda Silvana, do agricultor José Aparecido Rodrigues Néri, o Zé Tatu, 46 anos. Ele recebeu 25 produtores em sua propriedade de 166 alqueires. Todos os 10 módulos foram ministrados pelo engenheiro agrônomo e especialista na área de produção e comercialização de leite, Sidnei Favarin, de Osvaldo Cruz. No início em fevereiro, Zé Tatu tinha 2,5 hectares de pastagens e 1 hectare plantado com cana para alimentar o rebanho. Mas durante o curso, até seu encerramento em novembro, foram muitos os avanços. Com o investimento em irrigação e manejo correto, sua produção de leite dobrou, além das vacas, que passou de 13 para 33 em uma mesma área.
Sua produção foi para 13 litros por animal. “Quando iniciou, ordenhava 54 vacas, com uma produção de 400 litros/dia, mantida agora com apenas 33 vacas. Houve um aumento significativo de 100%. Devido ao alimento mais barato, tendo substituído a cana pela pastagem irrigada, que traz ganhos no custo da produção”, destaca Sidnei. Zé Tatu tem 20 alqueires arrendado para cana, mas afirma que com o resultado do programa irá reduzir consideravelmente a plantação em 2009. “Estou feliz e certo que em breve vou colher os resultados. Só tenho a agradecer ao Sindicato Rural, na pessoa do presidente João Antonio Castilho, pois sabemos quão árduo é o trabalho de quem se preocupa com o produtor no oferecimento de formação e conhecimento. Falo para todos, se quiser crescer na pecuária leiteira tem que fazer um curso deste.” Outro produtor que se sobressaiu foi José Avalus, o José Careca. Ele irrigou um hectare de sua propriedade, cuja pastagem era bastante degradada. Ele fez 21 piquetes, passou a adubar e hoje tem 27 vacas e um touro nesta área. “Estou fazendo o projeto para mais 1 hectare que ele irá plantar Tifton, para que em 2009, com 2 hectares irrigados, sua produção chegue até 700 litros por dia”, diz o instrutor. Para João Castilho que acompanhou o encerramento do programa na companhia do prefeito eleito de Alto Alegre, Ilson Tomé Perez, "Piazza", o ProLeite é a ferramenta essencial para fortalecer a motivação do produtores naquilo que eles realmente gostam. É deixar para eles uma condição de vida melhor e de competitividade e natividade. (Assessoria de Imprensa/SIRP)

Foto: Participantes do programa, instrutor e João Castilho, presidente do SIRP

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade