Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

08/01/2012

PRIMEIRA DO PAÍS: Penápolis recebe verba de Fundo Socioambiental

Divulgação
Detalhes Not�cia
Momento da assinatura do convênio: (esquerda para direita) Presidente do Daep, Lourival Rodrigues, prefeito João Luís, superintendente Gilson Paludetto e gerente local Maria Clair

A Caixa Econômica Federal e o Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis (Daep), assinaram na última quinta-feira, 05, no Paço Municipal, um convênio de repasse de verbas para recomposição vegetal do Ribeirão Lajeado, no município de Penápolis. Este trabalho vai beneficiar a flora e a fauna do local,  mantendo ainda a qualidade, quantidade e regularidade da água. O município está sendo beneficiado pela Superintendência Regional de Presidente Prudente, no interior paulista. Este foi o primeiro contrato do Regulamento 002/2011 do Fundo Socioambiental da Caixa (FSA) a ser assinado e tem o objetivo de repassar R$ 400 mil para o plantio de aproximadamente 77.500 mudas nas nascentes do Ribeirão Lajeado para a recuperação de aproximadamente 44 hectares de área, além de construir 14 quilômetros de cercas para isolar as áreas de nascentes e delimitar o acesso dos animais rurais. O governo municipal de Penápolis participará com uma contrapartida de aproximadamente R$ 35 mil, totalizando um investimento de R$ 435 mil. O prefeito de Penápolis, João Luís dos Santos, destacou a importância destas ações para o município. “Como toda a captação de água do município é feita neste ribeirão, estamos, com isso, contribuindo para a preservação também da saúde de nossa população, além da conservação ambiental propriamente dita”, relatou. O superintendente regional em exercício, Gilson Paludetto, também se pronunciou. “a Caixa, com ações como esta, consolida sua atuação no fomento a projetos que tragam ganhos ambientais e age de acordo com sua missão de atuar na promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável do país”, falou Paludetto. Estiveram presentes também, na oportunidade, a gerente geral da agência local, Maria Clair de Freitas Asenção, e o diretor-presidente do Daep, Lourival Rodrigues dos Santos.

Escolha
O projeto foi escolhido por meio de chamada pública finalizada em agosto de 2011, que teve o objetivo de apoiar projetos de recuperação florestal, de nascentes e matas ciliares em bacias hidrográficas nas quais se faça a captação de água para abastecimento humano. Foram realizadas ainda mais duas seleções no ano passado: para projetos na Caatinga e para Gestão de Resíduos Sólidos.

Fundo Socioambiental CAIXA
O FSA Caixa foi criado em 2010, com o objetivo de promover a cidadania e o desenvolvimento sustentável. O Fundo recebe até 2% do lucro anual do banco, para realizar investimentos em projetos sociais, de cidadania inclusiva e geração de trabalho e renda, e em projetos ambientais de proteção da biodiversidade e para cidades mais sustentáveis. O Fundo atua apoiando projetos sociais e ambientais e incentivando ações que visem à consolidação de uma sociedade economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente equilibrada. Possui diretrizes alinhadas aos desafios estratégicos da empresa e destinam-se a ações socioambientais promotoras da cidadania e do desenvolvimento local. Secom – PMP 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade