Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem respeitado a quarentena e ficado em casa neste período de pandemia?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

29/03/2019

Prevenção e segurança: PM apresenta projeto "Vizinhança Solidária" ao Conseg

Imagem/Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Os problemas do álcool e da droga também foram discutidos entre os membros do Conseg nesta quinta-feira

DA REPORTAGEM

Membros do Conselho Comunitário de Segurança de Penápolis (Conseg) se reuniram nesta quinta-feira (28) para discutirem novas ações e projetos em prol da segurança na cidade. Dentre as discussões estava a criação do programa “Vizinhança Solidária” proposto pela Polícia Militar.  
Participaram do encontro, representantes das Polícias Civil, Militar e Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Assistência Social, Câmara Municipal, Sincomercio  e representantes da sociedade civil.
Segundo explicou o Tenente Bachiega, da 2ª Companhia da Polícia Militar de Penápolis, o programa foi criado pela PM onde, através de grupos de Whats App, vizinhos podem se comunicar e trocar informações sobre atitudes suspeitas próximas de suas residências. “A ideia é a de, por meio da prevenção primária, melhorar a segurança pública local, incentivando a vizinhança a adotar medidas capazes de prevenir delitos e colaborar com o policiamento”, comentou.  
Segundo ele, o programa vem sendo implantado pela Polícia Militar em todo o Estado. “Ainda se trata de um projeto em implantação onde, em Penápolis, ainda estamos iniciando as tratativas para que seja implantado na cidade, mas que já vem trazendo bons resultados em cidades onde já existe o programa como forma de aproximação da comunidade e da Polícia Militar, destacou. 
De acordo com a Polícia Militar, a prevenção primária é o primeiro degrau no combate à criminalidade. O cidadão conhece e sente diariamente as causas e os efeitos do crime, cuja percepção se torna ferramenta indispensável para orientar as ações de polícia, por isso a importância da prevenção primária.
Na prática, o programa é voluntário e pode ser implantado em ruas de um determinado bairro ou região, ou com identificação de um estabelecimento comercial que tenha obtido o Certificado de Análise de Risco de Vulnerabilidade, tudo de acordo com a definição e orientação da Polícia Militar. “Lembramos que o programa visa facilitar a comunicação entre vizinhos para a troca de informações sobre atitudes suspeitas, devendo, em caso de necessidade, a Polícia Militar sempre ser acionada através do 190”, ressaltou Bachiega. 

Outros temas
A eleição para a nova diretoria do Conseg também foi um dos assuntos discutidos. O prazo para o cadastro de chapas que queiram concorrer terminou nesta semana e apenas uma chapa pleiteou a eleição, sendo a maioria de seus membros já atuantes junto ao Conseg. A eleição está prevista para o mês de abril. 
O alcoolismo e demais drogas como forma de custo ao Brasil também foi um dos assuntos tratados. 
Segundo o atual presidente do Conseg, João dos Santos, falar sobre os gastos que o Brasil tem no combate e como resultado do álcool e demais drogas também é uma forma de discutir o assunto sobre Penápolis. “É através de uma discussão como esta que conseguimos levantar pontos de prevenção aos problemas ocasionados pelo álcool e pela droga em nossa cidade visando combater os autos custos que temos como consequência em tratamentos, demais atendimentos e até mesmo a morte de uma vítima de um destes produtos”, finalizou.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.