Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você concorda com a aplicação de multa de R$ 500 para quem não estiver usando máscaras em locais com circulação de pessoas?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

11/07/2008

Preso autor de homicídio praticado em Barbosa

Policiais civis de Barbosa, acompanhados pelo delegado titular daquele município, Nivaldo Martins Coelho, esclareceram ontem o homicídio praticado há cerca de um mês, quando foi morto a tiro o jovem Marcos Antônio de Souza, 19 anos, conhecido pelo apelido de “Mazola”. No dia do crime Mazola chegou a ser socorrido, a princípio para o Pronto-socorro de Barbosa e, na seqüência para a Santa Casa de Penápolis e finalmente para Araçatuba, mas, devido a gravidade ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. O esclarecimento do crime ocorreu após o delegado, que, apesar de ser o titular daquele município, no dia posterior ao acontecido fazia o plantão em Penápolis. Durante a noite policiais militares fizeram à apreensão de um coldre que estava com M.T.B., 22, morador de São Paulo durante uma abordagem da qual a Polícia Militar tentava localizar marginais acusados de terem praticado um roubo em Penápolis. Apesar de a princípio não ser crime carregar um coldre, sabedor do homicídio que ocorrera no dia anterior em Barbosa, Nivaldo determinou que um boletim de ocorrência fosse elaborado e posteriormente o acusado ouvido. O delegado tentou ouvir também a vítima, mas, devido à gravidade do ferimento, este procedimento foi impossibilitado. Com o desenrolar das investigações M., que chegou a se apresentar com advogados e a negar o crime, acabou por confessar a autoria. “Conseguimos a prova de que M. havia adquirido a arma em Barbosa”, afirmou Nivaldo. O próprio delegado foi dia 03 em São Paulo realizar a prisão do acusado. Ele está preso temporariamente por 30 dias, podendo o prazo ser prorrogado durante o restante das investigações.

O crime
Ontem os policiais realizaram a reconstituição do crime que teria tido motivação por envolvimento ao consumo de droga. Segundo consta, Marcos Antônio, que era conhecido na cidade por praticar constantes furtos, no dia do crime estava em um bar, jogando bilhar com freqüentadores, entre eles o acusado do crime. Em determinado momento, M., que também é usuário, teria dado dinheiro para que Marcos fosse buscar uma porção de entorpecente. Após ter saído do local, Marcos retornou com uma quantidade que, na opinião do usuário, era inferior ao total equivalente ao dinheiro que havia dado. Marcos teria sido coagido a buscar o restante da droga e os dois marcaram um encontro no Centro de Lazer de Barbosa para receber o material. Segundo M., receoso que Marcos iria “aprontar” para cima dele, foi até a residência de parentes e se apossou da arma. Ao chegar no local combinado, Marcos, em sua versão, teria feito ameaças e menção de que sacaria uma arma. Para se defender, efetuou disparo com sua arma, fugindo em seguida. A arma, garantiu, atirou às margens do Rio Tietê, na Capital Paulista, para onde havia ido após o crime. Segundo Nivaldo, a Polícia não acredita totalmente na versão apresentada e deverá durante o término das investigações apurar com maior clareza o que ocorreu naquele dia. (SRF)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.