Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

11/11/2007

Preocupação: Tiquinho pede medidas para melhorar Pronto Socorro

O vereador Francisco José Mendes (PSDB), o Tiquinho, está questionando a administração municipal sobre quais ações deverão ser realizadas para melhorar o Pronto Socorro Municipal de Penápolis a partir da reforma física do local. O tucano busca informação se há previsão de mudanças na sistemática de atendimento e de realização de cursos para profissionais do setor. Segundo ele, tem sido muito grande a quantidade de usuários do Pronto Socorro Municipal para uma quantidade insuficiente de funcionários. “O intenso fluxo de pessoas, entre casos de emergência ou casos mais simples, e a deficiência  no número  adequado de funcionários  para o seu atendimento diário gera um certo estresse na equipe, podendo vir a comprometer o  atendimento”, diz o vereador.

 

Caos

Tiquinho também questiona se a Secretaria Municipal de Saúde  tem conhecimento dos casos de falta de atendimento satisfatório  e em tempo hábil para muitas gestantes no Pronto Socorro, inclusive  com registros de óbitos de bebês. “Este problema já se tornou crônico e nos traz bastante preocupação. Uma gestante passa mal, precisa de atendimento médico na rede municipal de Saúde  e tem que passar primeiro pelo caos do Pronto Socorro , para depois, se conseguir, ser encaminhada  para o setor responsável na Santa Casa”, declara.

 De acordo com Tiquinho, no dia 21 uma grávida no quarto mês de gestação  demorou quase seis horas para ser atendida. “Mas quando o médico prestou atendimento para detectar o problema, o bebê já tinha vindo a óbito”. Tiquinho reclama que médicos têm permanecido nos plantões por muitas horas ininterruptas, indo além do que a capacidade física  consegue agüentar, trazendo sofrimento tanto para o profissional  como aos pacientes.

 

Luz

Tiquinho também apresentou requerimento em defesa da iluminação da praça  do bairro Alto das Brisas e pelo fornecimento de protetor solar para uso diário dos agentes comunitário de Saúde e de Saneamento. Imprensa/Câmara
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade