Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem respeitado a quarentena e ficado em casa neste período de pandemia?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

29/02/2020

Pré-natal: Atendimento por não especialistas causa preocupação

Imagem/Reprodução
Detalhes Not�cia
Previsão de início de realização de atendimento de pré-natal por médicos clínicos a partir de quarta-feira preocupa o vereador Ivan Sammarco

O presidente da Câmara Municipal de Penápolis, Ivan Sammarco (Cidadania), pediu quinta-feira, dia 27,  à Secretaria Municipal de Saúde, a revisão  da decisão  do atendimento de pré-natal na rede pública local passar a ser feito também por médicos clínicos a partir da próxima semana. "É preocupante demais uma situação dessa. Peço ao secretário de saúde que não deixe isso acontecer. Pré-natal tem que ser feito por ginecologistas", disse Ivan Sammarco na tribuna da Câmara Municipal. "Clínico é clínico. Não são preparados para pré-natal, principalmente em casos de complicações das gestantes", complementou Ivan Sammarco. Segundo ele, as dificuldades com falta de ginecologistas ocorre com a saída de médicos através do Programa de Demissão Voluntária (PDV) promovido pela administração municipal. "A prefeitura tem que dar um jeito de contratar novos ginecologistas", defendeu o presidente da Câmara Municipal.
O chamado pré-natal é a assistência na área da enfermagem e da medicina prestado à gestante durante os nove meses de gravidez, visando melhorar e evitar problemas para a mãe e a criança nesse período e no momento do parto.
As dificuldades pela saída de médicos com pedido de demissão foram questionadas em requerimento do vereador Júlio Caetano (PSD). O pessedista relatou a necessidade de reposição da ginecologista e pediatra  na Macro 3 de Saúde. 

Remédios
Ivan Sammarco também defendeu cuidados do serviço de saúde na entrega dos medicamentos aos pacientes. Ele alertou para a importância da marcação da posologia no atendimento. "Tem paciente que recebe o medicamento na Macro de Saúde e não sabe como tomar de forma correta por falta da orientação".

Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.