Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

11/12/2008

Prêmio ANA 2008: Consórcio Lajeado é finalista entre 272 municípios

Detalhes Not�cia

O “Oscar da Água”. Assim foi batizado o Prêmio ANA – Agência Nacional das Águas – 2008, entregue na noite do último dia 04 no auditório da Caixa Cultural de Brasília. Na cerimônia foram anunciados os vencedores de seis categorias. Penápolis, através do Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado, foi uma das finalistas do prêmio, selecionada entre 272 municípios inscritos.
A excelência em gestão, conservação e uso racional de água foram os fatores que levaram o consórcio à indicação entre os três finalistas na categoria Organismos de Bacia, concorrendo com Taubaté e Londrina; esta última vencedora do prêmio.
Penápolis concorreu com o projeto “Preservação e Conservação do Manancial”, devido as ações desenvolvidas pelo Consórcio na preservação do Ribeirão Lajeado, como por exemplo a recomposição da mata ciliar e a execução de curvas de nível. Para receber o troféu destinado a todos os finalistas, estiveram em Brasília o prefeito João Luis dos Santos, que é presidente do Consórcio; o coordenador do consórcio, Carlos Alberto Feltrin e Lourival Rodrigues dos Santos, secretário executivo do consórcio e presidente do Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis. Para o prefeito João Luís, o fato do consórcio ser um dos finalistas do prêmio é motivo de comemoração, pois demonstra o resultado do trabalho desenvolvido a partir de 2005 sob os cuidados do atual coordenador Feltrin. “Além da recuperação das áreas degradadas houve uma grande preocupação com o plantio de mudas e sua conservação, pois de nada adiantaria se houvesse o plantio mas com perda das mudas. Essa conservação foi fundamental para atingir o resultado alcançado. Prova disso é que além do prêmio ANA o consórcio também já recebeu o prêmio Selo Cidade Cidadã, outro importante reconhecimento pelo trabalho”, disse. Já o coordenador Feltrin afirmou ser gratificante ver o resultado desse trabalho ser reconhecido. “Estamos muito orgulhosos, pois concorremos com quase 300 projetos de todo o país e ficamos entre os três finalistas. Para nós já é uma grande vitória”. Em discurso para um auditório com cerca de 400 pessoas, o diretor-presidente da ANA, José Machado, enfatizou a importância do Prêmio ANA para a gestão da água no país. “Este prêmio é um elo de um momento muito auspicioso que o país está vivendo na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos”, afirma.

Premiação
Em reconhecimento ao mérito de todos os trabalhos finalistas, a ANA ofereceu troféu, em alumínio reciclado e conchas, feito por famílias de artesãos do litoral capixaba. Já os seis vencedores receberam o Troféu Prêmio ANA, inspirado na logomarca da Agência. A peça, de autoria do mestre-vidreiro italiano Mário Seguso, tem aspecto de pedra bruta lapidada e detalhes que lembram as ondas do mar.
Ao término da cerimônia de premiação, foi lançado o livro sobre o Prêmio ANA 2006, o qual contém informações sobre as melhores iniciativas da primeira edição da premiação e sobre os recursos hídricos brasileiros. O Prêmio ANA contou com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, o apoio do Banco do Brasil, além da parceria do Ministério do Meio Ambiente e da Associação Brasileira de Recursos Hídricos. Secom – PMP

Foto: O prefeito João Luis, que é presidente do Consórcio, recebeu o troféu do Prêmio ANA, juntamente com os ouros finalistas das seis categorias

A Escolha dos Finalistas

Para se chegar aos 18 finalistas, entre eles o Consórcio Ribeirão Lajeado, realizou-se um criterioso processo seletivo. Primeiro houve uma pré-avaliação, que qualificou 67 iniciativas. A partir disso, os julgadores escolheram os 30 pré-finalistas, que foram vistoriados, um a um, por servidores da área técnica da Agência. Com base nos projetos enviados e nas vistorias realizadas, 18 projetos – três de cada categoria – foram selecionados como finalistas pela Comissão Julgadora. Conheça os finalistas:

Governo
* Projeto de Revitalização de Nascentes em Áreas Públicas Urbanas - Prefeitura Municipal de São José dos Campos - SP/SMA - São José dos Campos (SP)
* Campanha Permanente de Uso Racional da Água - Serviço Municipal e Autônomo de Água e Esgoto de São José do Rio Preto – São José do Rio Preto (SP)
* Um modelo de Gestão de Abastecimento de Água para Comunidades Rurais - Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos – SEMARH/RN – Natal (RN)

Empresas
* Gestão Sustentável de Recursos Hídricos com ações no foco de Redução de Perdas de Água no Município de Salesópolis, cabeceira do rio Tietê, com ênfase na melhor exploração do manancial - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) – São Paulo (SP)
* Gestão de Recursos Hídricos na Jalles Machado - S/A - Jalles Machado S/A – Goianésia (GO)
* Desenvolvimento sustentável aplicando tecnologias de produção mais limpa – Roupas do Pólo Ltda – Camaçari (BA)

ONGs
* De olho nos mananciais - Instituto Socioambiental (ISA) – São Paulo (SP)
* Programa de Revitalização Renaturalização e Preservação do rio dos Queimados de Concórdia - Associação de Revitalização, Renaturalização e Preservação Queimados Vivos – Concórdia (SC)
* Projeto de Preservação das Águas Termais – Associação das Empresas Mineradoras das Águas Termais de Goiás (Amat) – Caldas Novas (GO)

Organismos de Bacia
* Preservação e Conservação do Manancial – Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado (CIRL) – Penápolis (SP)
* Rede de plataformas de coleta de dados para Monitoramento automático da qualidade da água do Rio Paraíba do Sul – Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul – Taubaté (SP)
* Projeto de Educação Ambiental Pingo D’água – Consórcio para Proteção Ambiental da Bacia do Rio Tibagi (Copati) – Londrina (PR)

Imprensa
* Série de Reportagens de Rádio – Desafios e usos da Água – Rádio Eldorado – São Paulo (SP)
* Cuidar para não faltar – Revista Horizonte Geográfico – São Paulo (SP)
* Trilogia: Mares, Desertos e Chuvas do Sertão – O Povo – Fortaleza (CE)

Academia
* Inovação no tratamento e reciclo de água em lavagem de veículos - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Porto Alegre (RS)
* Construção de uma linhagem bacteriana apta para biorremediação de efluentes contaminados por metais pesados - Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo (SP)
* Tratamento para o aproveitamento de águas ácidas residuais da mineração de carvão - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)/Laboratório de Tecnologia Mineral e Ambiental – Porto Alegre (RS).
Secom – PMP

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade