Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você mantém a tradição de frequentar bailes com marchinhas de carnaval?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

24/07/2009

Policiais militares recuperam CPU furtado em escola

Policiais militares recuperaram na noite da última quarta-feira, 22, por volta das 20h10, um CPU e duas caixas de som grandes que foram furtadas na escola estadual Profª Yone Dias de Aguiar. De acordo com as informações, os policiais abordaram o indiciado G.J.S., 18 anos, vulgo “Canibal”, residente na Vila Fátima e os adolescentes C.H.B., 17 e G.R.A., 17, ambos moradores do Jardim Eldorado, todos residentes em Penápolis, na rua Rio de Janeiro com a avenida Antonio Veronese, sendo que antes da abordagem avistaram “Canibal” carregando em suas mãos o CPU e que ao notar a presença policial abandonou o objeto sob um automóvel estacionado defronte a citada rua. Ao serem questionados onde haviam subtraído o CPU, todos os envolvidos no furto negaram a informação. Os policiais, ao notarem que no CPU havia um selo da Secretaria de Educação e como nas imediações se tem duas escolas, se diligenciaram até o Yone Dias de Aguiar cujo alarme estava disparado. Ao adentrarem na escola, notaram a presença do responsável pela empresa de segurança, juntamente com a zeladora, relatando que já tinha notado o arrombamento da porta da sala de coordenação e a falta do CPU, apresentando aos policiais um alicate, uma chave de fenda que foram achadas no vitro e a torquesa sobre a laje da sala. Após isso, verificaram que o alambrado dos fundos da escola estava arrombado, bem como o portão do terreno vazio que faz fundo estava aberto e o cadeado estourado e que para adentrarem ao pátio da escola os envolvidos escalaram um muro de mais de três metros de altura. Com base nestas informações e com a negação dos envolvidos, os policiais se deslocaram a residência de todos, onde encontraram as duas caixas de som na residência do adolescente G.R.A. conectadas a televisão. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a “Canibal”, sendo o mesmo encaminhado para uma das celas da Cadeia Pública de Penápolis. (IA)
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.