Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem optado por compras através da internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

09/05/2017

Polícia Militar prende acusado de estuprar mulher

Imagem/Divulgação PM
Detalhes Not�cia
Revólver e munições encontrados com o acusado, foram apreendidos pela PM para averiguação

DA REPORTAGEM

Um oleiro de 26 anos foi preso em flagrante, na noite de sábado (6), depois de ter sido acusado de estuprar uma mulher de 29 anos e tentar assaltar um bar às margens da rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Penápolis. Com ele, policiais militares encontraram um revólver calibre 32, municiado com três cartuchos intactos e com a numeração raspada. 
Segundo informações do Boletim de Ocorrência, a vítima revelou aos policiais que estava no local fazendo programa quando o acusado chegou nela e, após conversarem, foi com o oleiro para um quarto, momento em que o acusado passou a dizer para a mulher que havia saído há pouco tempo da cadeia e que era traficante.
Neste momento, o rapaz tirou a arma de sua cintura e a colocou em cima de uma cadeira. Com isso, ele passou a abusar sexualmente da jovem e, em diversos momentos, ainda a ameaçava com o revólver ordenando que ela fizesse tudo o que ele queria. Depois disso, o homem ainda a questionou se o bar tinha cofre, pois ele iria assaltar o estabelecimento, entretanto, acabou fugindo sem nada levar do local. A Polícia Militar foi acionada e buscas foram realizadas nas proximidades na tentativa de localizar o acusado, que acabou sendo encontrado próximo ao bar, estando ele ainda em posse do revólver.
Questionado, ele contou que a arma era do pai, já falecido, e que ela estava com a numeração raspada. 
Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido ao Plantão Policial para prestar mais esclarecimentos, sendo ele indiciado por estupro e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Depois de prestar mais esclarecimentos ele foi levado para a Cadeia Pública da cidade, onde está á disposição da Justiça. A arma e munições foram apreendidos e encaminhados para averiguação.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.