Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

19/05/2015

Plantão Policial: Operador de bombas perde dedo em acidente de moto

DA REPORTAGEM

No último domingo por volta das 18h20, um operador de bombas de 21 anos, residente do Jardim Tinô, perdeu um dedo do pé direito após sofrer acidente com moto próximo ao trevo da Bandeira.  Segundo Boletim de Ocorrência, uma camionete Ford F1000, conduzida por um operador de máquinas, de Promissão, seguia pela via de acesso Sargento Luciano Arnaldo Covolan e ao adentrar, à esquerda, pela Leandro Ratisbona de Medeiros para acessar a Rua Armando Silva, foi atingida pela moto Honda/CG 150 Titan ES, de cor preta, na parte dianteira, do lado esquerdo, conduzida pelo operador de bombas que fazia o mesmo trajeto. Além de perder o dedo com a queda da moto, ele sofreu outros ferimentos. Atendeu a ocorrência o policial militar Oliveira.

Mulher sofre ameaças de ex-amásio após iniciar novo relacionamento
Um vigilante de 22 anos, morador em Lençóis Paulista, teve seu veículo Gol CLI, prata, danificado pelo fogo no último domingo, dia 17, por volta das 15h30 no bairro Silvia Covas provavelmente, conforme relatado por moradores da rua, pelo ex-amásio de uma operária de 29 anos, moradora do mesmo bairro. Segundo informações colhidas no Plantão Policial, a operária relatou que o seu ex-amásio (que não esteve no plantão e nem foi localizado) teria ligado de telefone público e a ameaçado de morte e que isso ocorre com certa freqüência, após ela iniciar um novo relacionamento com o vigilante. Após as ameaças de morte ele ligou novamente para a operária, mas desta vez dizendo que só queria conversar com o atual namorado dela, o que não aconteceu porque ela e o vigilante foram até a casa da mãe dela, no mesmo bairro, deixando o veículo estacionado na residência. Ao perceberem que o mesmo estava em chamas e os vizinhos tentavam apagá-lo eles retornaram ao local e, em seguida, procuraram a polícia. Diante dos fatos, a vítima foi orientada pelos policias a procurar a Delegacia da Mulher. 

Mulher viaja e irmão furta bicicleta, celular e tablet
Uma auxiliar de serviços gerais, de 51 anos, moradora no Jardim Pevi, compareceu ao plantão policial para relatar o furto de uma bicicleta Montain Bike masculina, cromada, um celular e um Tablet preto de 9 polegadas, com teclado, praticado pelo próprio irmão, um ajudante geral de 42 anos, do qual ela é tutora. Ela relatou que saiu da casa na tarde de sexta-feira, com destino à Promissão e quando retornou no domingo notou que seus pertences não estavam na casa. Em contato com uma irmã, que reside em Glicério, obteve a informação que o irmão estava naquela cidade, onde havia dito que furtara os objetos relacionados. Quando ele retornou para Penápolis a vítima conseguiu recuperar o celular, que ainda estava sob sua posse. Em relação aos demais (bicicleta e o tablet) o irmão alegou que teria vendido em bar na cidade de Barbosa, ainda na sexta-feira.

Polícia registra furtos em residências 
Uma moradora da Vila Fátima, de 52 anos, foi vítima de furto no último sábado, dia 16, quando elemento não identificado adentrou em sua residência e levou diversos objetos, entre joias, bijuterias, eletrônicos e dinheiro. A vítima, que é encarregada, compareceu ao plantão policial onde informou que saiu da residência no dia anterior, por volta das 19h00 e quando retornou, no outro dia por volta das 13h30, encontrou a porta da sala e uma interna arrombadas, verificando assim o furto dos equipamentos. Foi subtraído um televisor, LG de 42 polegadas, vermelho e preto; um notebook  Sansung prata; uma caixa de som para auto, que a vítima não soube especificar a marca; um porta-joias contendo brincos de argola, corrente com pingente, par de brinco de bolinhas e bijuterias, entre outras peças em ouro. Dois pares de tênis masculinos, sendo um branco e outro chumbo, da Nike, tamanho 42 e cerca de R$ 208,00 em dinheiro.  Na relação ainda constam dois aparelhos de telefone celulares, pretos, sem chips, das marcas Motorola e LG, que eram muito antigos e a vítima não teve condições de fornecer os números dos mesmos.

Jardim Pevi
Um homem de 30 anos, classificador, residente na Vila Planalto, esteve no plantão policial, no último sábado, informando que foram subtraídos de uma residência de sua propriedade, no Jardim Pevi, um medidor de energia e sua respectiva fiação. 

Mulher é acusada de furtar blusa
Uma mulher de 45 anos, laboratorista, residente em Luiziânia compareceu ao plantão policial no sábado, 16, onde relatou um constrangimento sofrido por ela em uma loja de roupas no centro da cidade, ocorrência esta classificada como calúnia. Conforme o registro no boletim de ocorrência, ela provou uma blusa e, depois de ter gostado, se dirigiu ao caixa para efetuar o pagamento quando foi abordada por uma funcionária dizendo que a blusa que ela usava era da loja. Ao ser acusada por furto, pois havia uma etiqueta dentro da blusa, a laboratorista explicou que estava com uma ela pendurada no braço para pagar, e que a etiqueta, que a mulher tinha visto, havia se soltado da blusa que ela havia experimentado antes, ficando colada em seu corpo e que dessa forma, segundo ela, a blusa aparentava ser para a venda. Como o produto era da mesma qualidade dos vendidos na loja, a mulher informou que havia comprado meses antes, quando a mesma funcionava em outro endereço.  Durante a elaboração do boletim, a vítima desejou representar contra a pessoa que a abordou.

(Carlos Netto)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade