Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você está otimista em relação a participação do Penapolense na Série A-2 deste ano?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

31/01/2019

Plantão: PM prende avô e neto com armas em residência

DA REPORTAGEM

Um aposentado, de 82 anos e um operador de máquinas, de 25, da mesma família, sendo avô e neto, foram presos no inicio da noite desta terça-feira, acusados de posse irregular de armas de fogo na residência deles, no bairro Ana Paula. 
Segundo informações do Boletim de Ocorrência, policiais militares faziam patrulhamento de rotina pela cidade, por volta das 18h40, quando receberam denúncia de que havia uma arma na residência do operador de máquinas, no citado bairro.
Com a informação, os policiais foram ao local apontado e foram recebidos pelo aposentado, que autorizou a entrada dos policiais para averiguação. O suspeito também estava pelo local.
Em revista pelo quarto do jovem, os PMs acabaram encontrando duas porções de maconha, além de diversas munições. Questionado, ele acabou negando que tivesse arma em sua casa, mas posteriormente acabou revelando que tinha uma garrucha no local, apontando que a referida arma estava guardada em outro quarto, onde foi encontrada pelos policiais.
Ainda durante as buscas, os policiais decidiram revistar o quarto do aposentado, local onde acabaram encontrando um revólver calibre 22, sendo que a arma estava municiada. Ele alegou que a arma havia sido um presente de seu pai e disse ainda que a mantinha em seu quarto como forma de sua própria proteção.
Diante dos fatos, o avô e seu neto receberam voz de prisão em flagrante e foram conduzidos ao Plantão Policial de Penápolis para prestarem mais esclarecimentos. Na unidade, o delegado responsável arbitrou fiança no valor de R$ 1 mil para cada acusado afim de que pudessem responder ao processo em liberdade. Como a quantia foi paga por cada um deles, foram ouvidos e depois liberados. Já as armas, munições e as porções de maconha encontradas foram apreendidas para averiguação.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.