Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

07/07/2018

Penápolis e região: Cai o consumo de serviços de TV e telefonia móvel

Imagem/Arquivo DIÁRIO
Detalhes Not�cia
Número de linhas móveis está entre os serviços que tiveram queda de consumo em Penápolis

DA REPORTAGEM

Os penapolenses estão deixando de consumir serviços como TV por assinatura e também o de telefonia móvel, foi o que apontou levantamento recente da Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel. 
Segundo a agência, em um ano e meio, mais de 2,2 mil pontos de TV por assinaturas pertencentes a assinantes penapolenses foram desligados. O mesmo aconteceu com o número de linhas móveis ativas na área de DDD 18. Apesar dos dados serem mais genéricos, representam a realidade das cidades da área, que perdeu quase meio milhão de linhas móveis em um ano e meio. Em janeiro de 2017, somente a cidade de Penápolis tinha 5.548 assinaturas de TV paga. Em maio deste ano, este número era de 3.335, o que representa uma queda de mais de 2,2 mil. 
Ainda sobre levantamento feito pela Anatel, Penápolis chegou a registrar um aumento nas assinaturas entre janeiro e março de 2017, entretanto, uma queda marcante ocorreu no mês seguinte, em abril, quando o número de assinaturas caiu de 5.716 em abril para 3.747 em maio do ano passado. O Brasil registrou 17.851.565 assinantes de TV por assinatura no mês de março de 2018. Nos últimos 12 meses, a redução foi de 1.081.024 (-5,71%). E em relação ao mês anterior, março apresentou uma pequena redução de 972 assinantes (-0,01%). Entre os estados, em 12 meses, as maiores reduções de assinantes em termos percentuais, foram: no Amapá com -3.021 (-12,89%), Pernambuco com -47.104 (-12,66%) e Sergipe com -11.174 (-11,69%). Em termos quantitativos as maiores quedas foram: em São Paulo com -485.499 assinantes (-6,71%) e Rio de Janeiro com -129.250 (-5,05%). Maranhão, Piauí e Tocantins registraram pequenos aumentos no serviço.

Celular
A queda de serviços em Penápolis e região, também se deu na área da telefonia móvel. Os dados foram divulgados de acordo com a área de DDD de telefonia, sendo Penápolis integrante da área 018, que abrange as regiões de Araçatuba e Presidente Prudente.
Segundo o levantamento, em janeiro do ano passado a região tinha 2.040.875 de linhas móveis ativas. Já em maio deste ano o total na região era de 1.976.263. A queda foi de cerca de 430 mil linhas a menos.
Ainda de acordo com os dados estatísticos divulgados pela Anatel, a partir de fevereiro de 2018 a queda das linhas ativas passou a ocorrer aos poucos.
No Brasil registrou 235.786.195 linhas móveis em operação no mês de março de 2018. Nos últimos 12 meses, a redução foi de 7.004.099 linhas (-2,88%). Mas, em relação ao mês anterior, março apresentou pequeno aumento de 130.690 linhas (+0,06%).
No mês de março de 2018, foram registradas 145.149.859 linhas móveis pré-pagas e 90.636.336 pós-pagas no país. Em 12 meses, as linhas pré-pagas apresentaram diminuição de 17.165.849 (-10,58%) e as pós-pagas aumento de 10.161.750 (+12,63%). Comparado a fevereiro de 2018, houve redução de 891.162 unidades (-0,61%) no pré-pago e crescimento de 1.021.852 (+1,14%) no pós-pago.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.