Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

22/09/2021

Pedidos reforçam defesa para viabilização de transporte escolar

Imagem/Imprensa/Câmara
Detalhes Not�cia
Câmara Municipal de Penápolis registrou em sua sessão na segunda-feira novas defesas em prol do transporte escolar para quem teve o serviço suspenso

A Câmara Municipal de Penápolis novamente registrou manifestos em defesa da viabilização de transporte escolar aos alunos moradores da zona rural matriculados em escolas particulares e  Colégio Agrícola. 
A vereadora Professora Jandinéia (PT) apresentou mais um requerimento na busca de informações da administração municipal sobre quais seriam os apontamentos do Tribunal de Contas contrários ao atendimento, o qual deixou de ser prestado em 2021. 
O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o “Dr. Rodolfo” (PSD) afirmou que a atual gestão age dentro da legalidade, o que por vezes gera transtornos. O pessedista ratificou pedido para criação de auxílio para o transporte dos alunos que comprovadamente necessitam do mesmo. 
O vereador Altair  Reis (Cidadania) reclamou que falta apresentação de alternativas e propostas do Executivo em prol aos prejudicados pela suspensão do  transporte escolar. 
O vereador  Paulinho do Esporte (DEM) disse que não existem determinações contrárias para o atendimento. 
O vereador Nelson Kbção (Cidadania) afirmou que confia que haverá efetivação de forma para contemplar os alunos com transporte escolar e citou busca de tentativa de convênio com o Colégio Agrícola, possibilidade também defendida pelo vereador Professor Bruno (PSD).   
A presidente da Câmara Municipal, Letícia Sader (MDB) relatou que ela e a vereadora Professora Jandinéia acompanharam o manifesto de pais de alunos na segunda-feira pela manhã na frente da prefeitura. A emedebista considerou que um dos principais questionamentos consiste no fato da interrupção do transporte escolar de parte dos alunos ter sido feita somente agora depois de vários anos de atendimento. “Nós vereadores, já questionamos se houve apontamento do Tribunal de Contas ou do Ministério Público, e não recebemos nenhuma documentação”, afirmou Letícia Sader.

Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade