Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

31/05/2015

Paulo Henrique Sanches recebe Medalha Ayrton Senna

Imprensa/Câmara
Detalhes Not�cia
Paulo Henrique Sanches, vereadores, prefeito Célio de Oliveira, Ademir Leite e Tudinha

Com uma vida dedicada ao esporte, grande parte de forma voluntária, Paulo Henrique Castelleone Sanches, recebeu anteontem a Medalha Ayrton Senna em solenidade promovida pela Câmara Municipal de Penápolis. A honraria foi entregue pelo vereador Jonas do Povo (PROS). O evento destacou a acentuada participação do homenageado em diversas ações em prol do esporte em Penápolis, especialmente no futebol. O violinista Micael Sousa, de Promissão, fez brilhante apresentação, como do “Tema  da Vitória” de Ayrton Senna. 

Vida
Filho de Maria Aparecida Castelleone Sanches e de Rubens Sanches Marinho, Paulo Henrique  Castelleone Sanches nasceu dia 16 de março de 1966 em Penápolis. Tem 3 irmãos: Gina, Rubens e Juliana. Aos 6 anos de vida, com a contratação de seu pai pela CESP, mudou-se com a família para Promissão. Ainda criança,   despertou interesse pelo futebol. Retornou para sua terra natal aos  12 anos, a partir do término das obras da barragem de Promissão em que seu pai trabalhava.  Em Penápolis estuda nas escolas Luiz Chrysóstomo de Oliveira e Adelino Peters  e joga pelas equipes infantis  do PEC  e Associação  Atlética Aparecida. Ainda adolescente já trabalha em escritório de contabilidade e depois na Loja D’Oliveira. Por volta dos 18 anos, conquista aprovação em concurso  da prefeitura de Penápolis para auxiliar administrativo, passando a trabalhar no Tiro de Guerra, quando aumenta sua dedicação ao esporte e ajuda a organizar partidas e  comanda equipes de futebol para menores , num trabalho voluntário. Na década de 90, Paulinho  amplia sua participação  na promoção do futebol ao integrar projeto esportivo da Codispan, junto com os também esportistas  Ademir e Tudinha. Além de fazer história no esporte, Paulinho participa ao escrevê-la e a narrá-la pelos meios de comunicação, como pelo Diário de Penápolis e Rádio Difusora. Cursou  Ciências Contábeis até o terceiro ano, mas o amor ao esporte  prevaleceu e optou por faculdade de Educação Física. Por longos anos ministrou treinos de futebol  no campo da Aparecida para crianças e adolescentes, e de futebol de salão no Ginásio de Esportes. Colaborou com o professor Espingarda, fazendo escalte da equipe de basquete que disputava  o campeonato paulista. Entre tantas atuações no esporte,  criou dois campeonatos de grande repercussão (Cobrinhas e Ferinhas)  e trabalhou e praticamente  na organização de todos os Jogos Regionais de Penápolis.  Em 2009, conquistou como técnico  o título de Campeão Paulista de Futsal do Interior, categoria sub-20 e série prata, organizados pela Federal Paulista e dos Jogos Regionais em Votuporanga.No esporte profissional,  registra expressiva colaboração para o Clube Atlético Penapolense (CAP), inclusive para a liberação do Estádio Municipal Tenente Carriço para os jogos no Campeonato Paulista. Desde 2013, Paulo Henrique Sanches é secretário municipal de esportes de Penápolis.

Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade