Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

04/02/2018

Obras: Investimentos em drenagem urbana alcançam R$ 2,8 milhões

Imagem/Secom – PMP
Detalhes Not�cia
Em 2013, foi construída uma galeria com 420 metros de extensão na avenida José Pinto de Almeida

Em períodos de fortes chuvas, Penápolis enfrenta diversos pontos de alagamento. Por isso, a Prefeitura tem buscado soluções para melhorar a drenagem da área urbana. As obras para a implantação de galerias na avenida Leandro Ratisbona, Bairro Jardim e na rua Irmãos Torrezan são algumas que terão grande impacto no sistema de drenagem.
Serão investidos cerca de R$2,8 milhões nestas obras, provenientes de convênio com o governo estadual e federal, com contrapartida da Prefeitura. Segundo o prefeito Célio de Oliveira, desde 2013, outros locais receberam investimentos na área de drenagem das águas de chuva.
“Um dos investimentos foi realizado na avenida José Pinto de Almeida, na região da Vila Aparecida. Este era um problema crônico de inundação que foi resolvido com a implantação de tubulações em cerca de 420 metros de extensão. A obra resolveu definitivamente este problema que afetava os moradores da região”, lembrou o prefeito.
Outra obra executada em 2014, foi a construção de uma nova galeria no bairro Village Regina, que provocava o acúmulo de água no início da avenida Leandro Ratisbona de Medeiros. “Foram construídos 120 metros de galerias entre as ruas das Quaresmeiras e Raul Forchero Casasco. Com isso, conseguimos diminuir o nível de água que chegava à avenida”, contou.
“Agora iniciamos uma nova fase de melhorias, com alto investimento, para resolver pontos críticos da cidade. Acreditamos que até o final de 2019 todas as melhorias estejam concluídas que haja uma diminuição do volume de água nesses pontos críticos, acabando com o transtorno dos moradores”, concluiu.

Secom – PMP

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade