Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

10/05/2008

Mudança: Nardão defende em audiências novo prédio para o SESI

Detalhes Not�cia

Com o apoio e companhia do deputado estadual Aldo Demarchi (DEM), o vereador Nardão Sacomani (DEM), participou quarta-feira na capital paulista de dois encontros  na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), para defender a construção de um novo prédio para a Escola SESI de Penápolis.  A atuação dos dois democratas engrossa movimento da escola e da administração municipal na cidade por esse atendimento e aumentou as expectativas de viabilização da obra. Nardão Sacomani e Aldo Demarchi conseguiram se reunir diretamente com o presidente da FIESP, Paulo Skaf. “Tivemos uma ótima receptividade e as possibilidades para que Penápolis seja contemplada com um novo prédio para o SESI são muito boas”, diz Nardão Sacomani. “Quero agradecer publicamente o deputado Aldo Demarchi e a Tereza Makassian pelo apoio nessa luta. Trata-se de dois nomes que respaldam   significativamente a defesa na FIESP”. Na primeira audiência pela construção de um novo prédio para o SESI, Nardão Sacomani e Aldo Demarchi se encontraram com o diretor de operações do SESI, Walter Vicioni Gonçalves  e com o chefe de relações institucionais  e governamentais da FIESP, Sérgio Barbour. Com o  levantamento de informações para fortalecer o pedido, Nardão Sacomani vai requerer na próxima segunda-feira ao prefeito João Luís dos Santos (PT), a apresentação de áreas de 18 mil metros quadrados  que possam ser doadas para a construção da nova sede do SESI. O trabalho  do vereador é para que a partir da formalização de disponibilização de terrenos pela administração municipal, a FIESP encaminhe engenheiros para apuração in loco do terreno e diante da aprovação do mesmo, seja elaborado projeto de lei autorizando a doação. Nardão Sacomani apurou que a proposta do SESI é implantar ensino de período integral em todas as suas 212 unidades. Essa meta fortalece ainda mais a luta por um novo prédio para a escola de Penápolis, já que o atual, cedido desde 1976 pela prefeitura, não possui infra-estrutura adequada para a ampliação das atividades. Uma das principais dificuldades da unidade, que conta com aproximadamente 500 alunos, consiste na falta de refeitório. “Para a década de 70, quando o SESI foi criado em Penápolis, o prédio cedido pela prefeitura atendia nas necessidades, mas hoje demanda outros investimentos. O melhor caminho é um prédio novo e próprio para o SESI”, considera Nardão Sacomani. A FIESP tem atualmente em construção 17 novos prédios para escolas e outras 13 unidades em processo de projeto para o mesmo benefício. Imprensa/Câmara.

Foto: Primeiro à direita, Nardão e o presidente da FIESP, Paulo Skaf (centro) e o deputado Aldo Demarchi em reunião em São Paulo

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade