Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

10/05/2009

Movimento popular pela segurança tem audiência com secretário estadual

Detalhes Not�cia

O Movimento Popular “Cláudio Alberto Pereira”, fundado em 06 de novembro de 2008 após um levante da população contra a violência em Penápolis e região, criado com o objetivo  de buscar soluções para amenizar problema que envolve a segurança pública em Penápolis, após seis meses de trabalho e dedicação, conseguiu realizar quarta-feira encontro na capital com  o Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto. A audiência foi possível graças ao empenho da penapolense Maria José de Macedo junto ao deputado Bruno Covas, os quais também participaram do encontro ao lado dos representantes do Movimento Cláudio Pereira – João Bosco, Selma Aparecida Garcia de Andrade, Eunice Ramos Viçoso da Silva, Paulo Sérgio Viçoso da Silva, Cidinha Sampaio e Flávio Reis Ribeiro, e os vereadores Joaquim Soares da Silva (PDT), Ricardinho Castilho (PV) e Rodolfo Valadão Ambrósio, o Dr. Rodolfo. Os membros do Movimento Cláudio Pereira relataram as condições de intranqüilidade da população penapolense e entregaram abaixo-assinado aderido por mais de 7 mil pessoas com pedido de apoio contra a violência. O documento aponta ocorrências de assaltos, furtos, estupros e situações de constrangimentos, cujas ações os criminosos subjugam a população penapolense, com o uso de facas, armas de fogo e pedaços de pau. Também foi alertado que as ações criminosas aumentaram consideravelmente a partir da instalação do presídio de Avanhandava e demais presídios do eixo Marechal Rondon.
Todo o grupo em defesa de Penápolis foi calorosamente recebido, e teve à sua disposição a atenção do  Secretário Estadual de Segurança por 1 hora. Foi dada ciência ao secretário que, com a mudança do comando da polícia local, ocorrida recentemente, houve uma sensível melhora no combate à criminalidade, mas que o resultado está muito aquém das necessidades.
O Movimento Cláudio Pereira ainda ressaltou que o cidadão penapolense clama por justiça, proteção,  leis mais rígidas, a partir de atitudes das autoridades em níveis municipal, regional e estadual. Consideraram ser inadmissível  que senhoras e crianças continuem a ser estupradas, que cidadãos sejam feitos reféns, que tenham suas casas invadidas e tomados seus bens, que cidadãos sejam tratados com escárnio pelos meliantes, que cidadãos sejam obrigados a se trancar em suas casas, privados de sua liberdade, enquanto os marginais tomam conta da  cidade. O Movimento Cláudio Pereira diz que espera que  autoridades possam juntar forças e colocar em práticas todas as medidas possíveis para atenuar esta situação.

Ao final, formalizaram os seguintes pedidos:

1. elevação da Delegacia de Polícia de Penápolis-SP de 2ª para 1ª classe;

2. melhor gerenciamento dos impostos arrecadados, devendo ser direcionada verba específica para as cidades do entorno das penitenciárias para aplicação na segurança da população;

3. criação da Força Tática da Polícia Militar, com sede definitiva em Penápolis;

4. instalação de sistema informativo de leitura de impressões digitais, em nível estadual;

5. propiciar, de forma mais célere, informatização, equipamentos compatíveis e contratação de funcionários em número condizente com as reais necessidades para o Ministério Público e Judiciário;

6. aparelhar as penitenciárias do eixo da Rondon com veículo apropriado para o transporte de presos, bem como criar vagas para policiais nestas, com vistas a cumprir o acompanhamento da população carcerária, liberando, assim, os policiais sediados nas cidades circunvizinhas para que estes se dediquem à segurança destas;

7. criar dispositivos favoráveis para oportunizar Penápolis de um pólo industrial, para enfrentamento da falta de empregos;

8. destinar verbas para a instalação de um centro profissionalizante em Penápolis-SP, com prioridade para formação de profissionais das áreas de construção civil, indústria calçadista,  turismo, funções específicas do campo, e outras que os especialistas julgarem necessárias;

9. criar os mecanismos necessários, especialmente os financeiros, objetivando a municipalização do trânsito, dispensando o efetivo policial ora existente da tarefa de fiscalizar veículos, ficando este direcionado somente ao combate à criminalidade.

10. dar prioridade para a criação de novos cargos com vistas à contratação e ao aumento do contingente policial civil e militar para as cidades do entorno das penitenciárias;

11. criar rubrica específica para pagamento de gratificação para os policiais que trabalham nesta zona de risco e linhas de frente;

12. possibilitar melhorias na iluminação pública da cidade de Penápolis, aumentando a potência das lâmpadas;

13. possibilitar sistema de emplacamento de bicicletas, coibindo, assim, o uso destas por delinqüentes na prática de fins ilícitos;

14. criar campanhas na mídia e imprimir cartilhas de esclarecimentos com distribuição à população, com o objetivo de orientar quanto aos números utilizados (190-197) para o registro de denúncias anônimas;

15. investimentos em projetos específicos para mudança do perfil de bairros vulneráveis;

16.  incrementar e apoiar os projetos existentes na linha de prevenção com crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social;

17. proibição de menores desacompanhados de seus pais nas vias públicas, bares, restaurantes, clubes, estádios e demais recintos públicos, das 22 horas às 7 horas do dia imediato;

18. obrigar as cidades receptoras de penitenciárias a responder pela assistência à saúde dos detentos, desonerando as demais cidades circunvizinhas. (A/I Movimento Cláudio Pereira)

Foto: No sentido horário, Selma, Eunice, secretário Estadual de Segurança e o deputado Bruno Covas

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade