Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você tem respeitado a quarentena e ficado em casa neste período de pandemia?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

03/06/2016

Menina desaparecida é encontrada em Irapurã

DA REPORTAGEM

A polícia conseguiu descobrir o paradeiro da adolescente Vanessa dos Santos Pereira, de 14 anos, que estava desaparecida desde a manhã de segunda-feira (30), em Penápolis. Ela estava morando com um homem de 45 anos na cidade de Irapurã, próximo a Novo Horizonte. Eles estavam em uma fazenda onde ele trabalha e tudo teria ocorrido com o consentimento da adolescente.
De acordo com a delegada que estava investigando o caso, Maria Salete Cavestré Tondatto, a menina prestou depoimento e disse que nada de mais havia acontecido e que tudo ocorreu em acordo com ela, o que descaracteriza crime sobre o fato. Em depoimento, a adolescente afirmou que conheceu o homem através da internet e que a partir daí passaram a manter contato através de mensagens. “Ela disse que começou a namorar com o rapaz através destas mensagens, mas que tinha medo do que a família poderia dizer por conta da diferença de idade deles. Por conta disso, ela decidiu que queria morar com ele na fazenda onde ele trabalha”, explicou.
A delegada explicou também que no dia em que a adolescente desapareceu, havia sido combinado de que o rapaz a buscaria na cidade, esperando-a na praça que fica próximo da escola onde ela estuda. “Com seu desaparecimento, a foto da menina passou a circular nas redes sociais na tentativa de localizá-la, conseguimos localizar o contato do rapaz que  explicou o que havia ocorrido e se dispôs a esclarecer o fato”, disse. Na tarde de quarta-feira (01) uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher, de Penápolis, foi até Irapuã buscar a adolescente. Na oportunidade ela já havia esclarecido o ocorrido e foi devolvida a família. Ainda de acordo com a delegada, não houve crime. “Conversamos com ela que esclareceu que não foi forçada a nada, bem como não houve nenhum tipo de agressão ou cárcere privado; tudo foi feito com o consentimento dela, então não há do que incriminar o rapaz”, finalizou a delegada.
Vanessa passará agora por acompanhamento do Conselho Tutelar de Penápolis até que a situação seja resolvida com a família.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.