Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

20/01/2012

INCOVENIENTE: Enxurrada sem vazão invade casas no Jardim do Lago

Divulgação
Detalhes Not�cia
Após chuva, água invade calçada e residência no Jardim do Lago

DA REPORTAGEM

Este período de chuvas, típico do verão, tem causado grande transtorno para os moradores das ultimas casas da rua Helio Rubens Galvão Aires, no Jardim do Lago, próximas ao campo de futebol da Cidade Jardim, que estão sendo invadidas pela água, causando grandes prejuízos para os proprietários. Segundo eles, o problema acontece por que a rua não tem caída suficiente para que as águas escoem pela via. De acordo com a moradora Ilda da Silva Alvez Gomes, a situação é agravada por conta da enxurrada que vem de outras ruas. “A água desce e para em minha casa, pois não tem vazão”, explicou. A reportagem do DIÁRIO apurou que na esquina da rua, defronte a torre de transmissão de uma rádio da cidade, há uma grande inclinação da via que força a enxurrada a se deslocar e parar na rua Hélio Rubens, invadindo as residências do local. Segundo os moradores, cerca de oito casas são atingidas pela água que invade quintais e garagens. Na de dona Ilda, o volume de água é tão grande que foi necessário ela construir muretas nas portas para que a água não invadisse a sala, cozinha e quartos. “Já perdi sofá, guarda-roupa, raques, entre outros devido a invasão da água, sem contar com o risco de doenças a que estamos sujeitos”, afirmou. Os moradores disseram que funcionários da Prefeitura estiveram no local recentemente e construíram uma valeta de vazão na esquina onde a água não descia, porém os trabalhos não deram resultados. Os munícipes cobram soluções como a construção de bueiros para que a água escoe, evitando os problemas que enfrentam com as chuvas. Eles afirmam que procuraram novamente a Prefeitura, que informou que está estudando o que deverá ser feito para resolver definitivamente o problema.  (Rafael Machi) 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade