Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

21/08/2018

Incêndio destrói área de vegetação e causa transtornos

Imagem/Colaboração
Detalhes Not�cia
Brigadas de incêndio e 10 caminhões pipas foram usados para combater o fogo em vegetação

DA REPORTAGEM

Um incêndio destruiu grande área de pastagem às margens da rodovia Arnaldo Covolan (SPA 486), em Penápolis, neste domingo (19). O fogo, que teve início por volta das 11h15, e só foi apagado após 10 horas de trabalho. Quem olhava para o céu de Penápolis durante quase todo o dia de domingo percebeu a forte fumaça que vinha da direção da rodovia Marechal Rondon (SP 300), o que chamou a atenção das pessoas.
Segundo o que foi apurado pela reportagem do DIÁRIO, o incêndio ocorreu no quilômetro 0+800 metros da Arnaldo Covolan, que precisou ser interditada diversas vezes, pois o vento estava muito forte no momento, o que favoreceu para que as chamas se espalhassem rapidamente por uma grande área de pastagens e plantações de cana, se alastrando pelo mato, o que dificultou o combate.
O Corpo de Bombeiros foi acionado ao local, mas devido a proporção do incêndio, foi necessária a ajuda de 10 caminhões pipas de usinas da região e também do departamento de água de Penápolis, o Daep. Policiais militares ambientais também auxiliaram nos trabalhos.
Como o incêndio se alastrou por uma área de quase dois quilômetros às margens da rodovia Arnaldo Covolan, policiais militares rodoviários também auxiliaram no trânsito na rodovia, pois a fumaça se espalhava pela via, sendo necessário interditar diversas vezes a pista para evitar acidentes, porque os motoristas tinham a visão prejudicada devido a fumaça.
O fogo só foi apagado por volta das 21h00, e moradores de bairros próximos ajudaram com algumas mangueiras, para evitar que as casas próximas fossem atingidas. Apesar disso, nenhum acidente foi registrado e ninguém se feriu, porém, a grande nuvem de fumaça causou problemas para alguns moradores, devido ao clima seco e fumaça que causam problemas respiratórios. As causas do incêndio estão sendo investigadas pela Polícia Militar Ambiental, mas há a suspeita de que tenha sido criminoso.

Risco
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, alertou que nos próximos três dias a região de Penápolis, assim como grande parte do Estado de São Paulo, tem o risco de incêndio em vegetações considerado crítico – o mais alto em sua classificação – devido ao período seco.
O Corpo de Bombeiros de Penápolis alerta para as pessoas ficarem atentas com ações que podem causar queimadas em áreas de vegetação. As queimadas em pastagens às margens de rodovias continuam sendo o maior risco, o que normalmente, são causadas por bitucas de cigarros jogadas pelos motoristas para fora do veículo, e apesar de parecer inofensivo, pode causar grandes estragos em vegetações, principalmente agora, quando estão secas por falta de chuvas.
Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, no Posto de Penápolis, 29 casos de incêndio em vegetação foram atendidos somente no mês de julho, quase um atendimento por dia, muitos deles feitos com o apoio de brigadas de incêndio de cidades da comarca e de usinas.  
“Não são somente as bitucas de cigarros, mas algumas ações também podem causar grandes prejuízos, como a limpeza de terrenos com a utilização de fogo, sendo mais perigosas devido o clima seco e os ventos desta época do ano podem levar fagulhas até as áreas de vegetação, iniciando incêndios que fogem do controle” explicou. 
A principal recomendação é que sejam evitados ao máximo, o manuseio de fogo, que podem ocasionar determinadas situações que fujam do controle.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade