Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

01/12/2015

Forte chuva causa transtornos em Penápolis

Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Avenida Rui Barbosa

DA REPORTAGEM

A chuva torrencial que caiu sobre a cidade de Penápolis na tarde desta segunda-feira (30) causou diversos transtornos para as pessoas e prejuízos para algumas delas. Vários registros foram feitos pelos moradores de ruas que ficaram alagadas devido as fortes enxurradas. Um dos pontos que mais apresentou alagamentos foi à região do córrego Maria Chica, que recebe boa parte da água de enxurradas da cidade. Ele não chegou a transbordar, mas em diversos pontos de sua extensão que passa pela cidade foi suficiente para causar transtornos. 
A chuva iniciou por volta das 15h30 e durou cerca de uma hora. 
Na rua Altino Vaz de Mello houve uma grande enxurrada e em alguns pontos a água chegou a invadir casas e escritórios. A rua Dr. Ramalho Franco também teve o registro de forte enxurrada e no cruzamento com a Marginal Maria Chica a rua ficou intransitável, assim como nos cruzamentos da Marginal com as ruas Giácomo Páro, Irmãos Chrisóstomo de Oliveira e rua Amazonas, onde o fluxo de carros é ainda maior. 
Alguns motoristas se arriscaram em atravessar o cruzamento, sendo que alguns veículos não suportaram a força da água e acabaram parando no meio do cruzamento. Lojas que ficam próximas do local também foram afetadas e algumas invadidas pela água. Outro ponto bastante afetado foi a avenida João Antônio de Castilho. Em seu cruzamento com a avenida Rui Barbosa a via ficou inundada e algumas casas chegaram a ser invadidas pela água. Mesmo depois da chuva, o volume de água ainda era grande no local e alguns motoristas se arriscavam tentando atravessar a via. O prejuízo maior deste cruzamento ficou para alguns motociclistas que também tentavam atravessar a via. Por conta do volume de água, os motores ficaram encobertos e as motos acabavam parando em meio à enxurrada. 
A reportagem do DIÁRIO DE PENÁPOLIS flagrou uma motociclista parada na enxurrada. Ela só conseguiu sair do local com a ajuda de populares.

Veículo arrastado
Ainda durante a forte chuva, o Corpo de Bombeiros foi acionado a comparecer no cruzamento das avenidas João Antônio de Castilho com a Bento da Cruz, onde um motorista estava ilhado em meio as fortes águas que desciam pelo córrego Santa Leonor, que por pouco não transbordou em sua barragem no Residencial Flávia.
Segundo relatado por populares, o motorista de um veículo GM Vectra, cor branca, tentou atravessar em meio à enxurrada, mas o motor acabou falhando e parando em meio à água. O carro acabou sendo arrastado por alguns metros e parou ao bater no canteiro central da via, onde o motorista ficou preso e só foi retirado com a ajuda dos bombeiros. Populares relataram também que motociclistas também caíram ao tentar atravessar a via mas foram ajudados por pessoas que estavam pelo local. Por conta da forte correnteza o trânsito ficou parado por algum tempo, o que também causou grande congestionamento.
Após a chuva o Corpo de Bombeiros permaneceu no local para a retirada de pedras da via e a recolocação de tampas da rede de esgoto que não suportaram a pressão da água e saíram do local, deixando pessoas expostas a cair nas galerias.

Ilhados
Moradores do bairro Cidade Jardim também relataram que ficaram praticamente ilhados por conta das inundações que ocorreram nas duas vias de acesso ao bairro. A Santa Leonor não suportou a grande quantidade de água que descia dos bairros Jardim do Lago, e a Sargento Moura também ficou inundada mesmo com as galerias que escoam a água para a linha férrea. O pontilhão que dá acesso ao bairro através desta avenida também ficou intransitável. Muitos veículos também se arriscaram nas águas e, assim como em diversos outros lugares, alguns também acabaram parando em meio à enxurrada. 
O Corpo de Bombeiros informou que apesar dos problemas ocorridos na cidade, nenhum acidente mais grave foi registrado.

Confira mais fotos dos transtornos causados pela chuva desta segunda-feira no jornal impresso.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade