Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

27/02/2018

Falta de educação: Praça do Mais Parque sofre com sujeira e vandalismo

Imagem/Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Praça do Mais Parque sofre com bancos quebrados e pichações feitas por vândalos

DA REPORTAGEM

Os moradores do Residencial Mais Parque e outras pessoas que vão ao local passear, estão bastante insatisfeitos com as ações de vandalismo que a praça do bairro tem sofrido nas últimas semanas, principalmente com a destruição de bancos, da quadra poliesportiva e com a sujeira deixada no local, na maioria das vezes, aos fins de semana, quando existe grande aglomeração de jovens pelo local. 
Moradores procuraram o DIÁRIO DE PENÁPOLIS reclamando da grande quantidade de lixo deixado no local na madrugada de domingo (25). Uma espécie de mutirão chegou a ser montada pelos próprios moradores para a limpeza e recolha do lixo.
Segundo eles, no local sempre são encontradas garrafas de bebidas alcoólicas, copos descartáveis, bitucas de cigarros, entre outras sujeiras que são jogadas no chão, sem a conscientização da importância do ambiente para os demais usuários. Além disso, o barulho que ocorre através do som de veículos, aos fins de semana, também gera reclamações. A reportagem esteve no local para conferir a situação da praça e constatou diversos estragos e situações de perigo para usuários. É possível constatar a destruição de bancos. A pichação também passou a fazer parte do ambiente, sendo encontrado em diversos bancos e também no chão em algumas áreas da praça.
A quadra poliesportiva também está danificada. As traves de gols não possuem mais as redes, enquanto que as tabelas e os aros de basquete foram danificados. Na mesma situação encontra-se a grade ao redor da quadra, que, em muitos pontos, chegou a ser arrancada. Uma quadra de vôlei de areia também existe, mas a depredação impossibilita jogos no local, no qual não possui mais a estrutura para a rede. 

Lixo e vidro
A praça do Residencial Mais Parque, que deveria servir como um espaço de lazer para família passou a ser muito pouco frenquentada. Isso por que a sujeira e a quantidade de vidro de garrafas quebradas no local é muito grande.
Próximo ao playground é possível encontrar diversas bitucas de cigarros. Garrafas e cacos de vidro também são bastante visíveis, o que torna o espaço quase impossível de ser utilizado por uma criança, já que podem se cortar ao pisar em vidros quebrados. A depredação de lixeiras no local também é grande. Muitos cestos colocados foram destruídos. Neste fim de semana, moradores postaram fotos nas redes sociais da grande quantidade de lixo encontrada no domingo pela manhã. Segundo eles, a frequência dos jovens no local é muito grande durante as madrugadas, bem como a falta de educação de muitos que acabam não respeitando o espaço.

Discussão
Esta não é a primeira vez que a praça do Mais Parque enfrenta problemas como estes. O local já foi alvo de muitas reclamações por conta de ações de vandalismos. Também existem relatos de pessoas que foram vistas utilizando do espaço para o uso de drogas, e muitos adolescentes fazendo uso de bebidas alcoólicas.
O problema já foi discutido, por exemplo, pelo Conselho Municipal de Segurança (Conseg) de Penápolis, que sempre pediu medidas para que os problemas no local fossem amenizados. Uma destas soluções partiu da Prefeitura Municipal, que proibiu o estacionamento de veículos aos arredores da praça durante as madrugadas. O local recebeu pintura especial de sarjetas e a colocação de placas indicativas da proibição de estacionamento.
Na tarde desta segunda-feira (26), a Prefeitura informou ainda que estuda alguns projetos para o local, como a colocação de caçambas para coleta de lixo. 
A Prefeitura afirmou também que conta com a ajuda da Polícia Militar no combate às ações de vandalismo e contra o uso de entorpecentes e bebidas alcoólicas por menores já vem sendo feito pela Polícia Militar, que sempre tem aumentado a fiscalização do local no período da noite, principalmente aos fins de semana.
A expectativa é de que com a implantação da Atividade Delegada, cujo convênio entre Polícia Militar e Prefeitura Municipal foi assinado na semana passada, a fiscalização e abordagens no local se tornem ainda mais eficientes, já que o projeto prevê aumento do efetivo nas ruas, no qual policiais militares de folga poderão atuar no policiamento com pagamento de horas extras feito pela Prefeitura.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade