Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você aprova as novas placas do Mercosul que estão sendo adotadas em todo o Brasil?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

22/02/2019

Estudante é apreendido pela Rocam com entorpecentes

DA REDAÇÃO

 Equipe da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicleta) apreendeu na noite de quarta-feira (20), um estudante de 17, acusado de tráfico de entorpecentes na Vila Aparecida, em Penápolis. 
Ele foi flagrado com porções de crack escondidas na boca, e mexia em um relógio de força de uma unidade municipal onde foram encontradas 30 porções de crack embaladas e prontas para o comércio.
De acordo com o boletim de ocorrência, policias militares da Rocam estavam em patrulhamento preventivo pelo bairro, quando por volta das 19h50, ao se aproximarem do espaço CEU das Artes, na Rua Manoel Foz, avistaram um rapaz agachado perto de uma caixa de energia. Foi notado que ele iluminava o local com a luz do seu telefone celular.
Ao perceber a aproximação das motos da PM, o suspeito saiu caminhando, mas logo em seguida foi abordado. 
Ele foi identificado, sendo o adolescente morador na Rua Elesbon, no mesmo bairro, e conhecido dos policiais de abordagens anteriores. Disseram ainda que havia informações de que o menor estava comercializando drogas pelo local. Durante busca pessoal foram encontradas dentro de sua boca três porções de substância semelhante a crack envoltas em papel alumínio e em seu bolso havia a quantia de R$ 48.
Um dos PMs foi examinar a caixa de força onde o menor mexia, e ao lado dela, no chão, dentro de um saquinho de salgadinhos havia 30 porções de substância semelhante a crack, também envoltas em papel alumínio.
Os militares decidiram ir à casa do adolescente para buscas. Pelo imóvel foram recebidos pelos pais do infrator.
O adolescente disse que tinha mais drogas dentro de um pote azul no quarto dele, mas ali nada encontraram.
Durante buscas na residência, no banheiro dentro de uma prateleira localizaram uma caixa de fósforos em cujo interior os PMs apreenderam mais três porções de crack.
No quarto do adolescente, dentro de um caderno havia a quantia de R$ 110 em notas diversas.
Ele disse que os entorpecentes encontrados em sua boca e em sua casa lhe pertenciam, mas negou a posse e propriedade das 30 porções localizadas pelos policiais ao lado da caixa de força.
Diante das circunstâncias o estudante recebeu voz de apreensão e conduzido ao plantão policial.
A delegada plantonista após se inteirar dos fatos, determinou que o menor ficasse apreendido, sendo o mesmo encaminhado à cela especial para menos na cadeia local até apresentação ao Promotor da Infância e Juventude.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.