Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você se preocupa em não compartilhar informações falsas sobre o Covid-19 em redes sociais na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

27/08/2011

Estatísticas da criminalidade diminuem em Penápolis


DA REPORTAGEM

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo divulgou esta semana os dados de ocorrências policiais referentes ao mês de julho. Segundo os dados obtidos no site da Secretaria, Penápolis apresentou uma melhora nas ocorrências, sendo que em muitos casos os números caíram em relação ao mês de julho de 2010 para o mesmo período deste ano. Em julho de 2010, foram registrados 18 casos em Penápolis, no mesmo período deste ano, eles caíram consideravelmente, foram apenas seis. O número de homicídios dolosos (quando há a intenção de matar) também caiu, em julho do ano passado a polícia registrou um caso, enquanto no mesmo período deste ano, nenhum foi registrado. Outra estatística que apresentou queda foi com relação ao número de furtos de veículos no mês passado. De acordo com a Secretaria de Segurança, em julho de 2010 foram sete veículos furtados contra cinco no mesmo período de 2011. Entretanto, mesmo com a queda no mês de julho, os números anuais causam preocupação, pois durante todo o ano passado, a polícia registrou 40 furtos de automotores, enquanto este ano, faltando quatro meses para o fim de 2011, os furtos de veículos já somam 55. Os roubos de veículos mostram queda; de cinco para um em relação a julho, em todo o ano passado, foram 17 casos. Durante os sete meses já decorridos neste ano, foram apenas cinco casos. Vale lembrar que nos cinco últimos meses de 2010, houve apenas quatro casos; se a média for mantida Penápolis deverá ter cerca de 10 roubos de veículos durante todo o ano de 2011. Outro número que chama a atenção é quanto aos estupros ocorridos em Penápolis. Durante os seis primeiros meses deste ano foram registrados ao menos um caso.

Estado
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o número de homicídios dolosos também apresentou queda em todo o Estado. Foram 8,35% menos casos na comparação entre janeiro a julho de 2011 e janeiro a julho de 2010. São 216 mortes a menos entre os dois períodos. A informação consta das Estatísticas da Criminalidade divulgadas mensalmente pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da Secretaria da Segurança Pública. Até julho de 2011 ocorreram 2.370 homicídios dolosos no Estado, contra 2.586 até julho de 2010. Pelo sétimo mês consecutivo o número de homicídios dolosos em São Paulo mantém-se fora da zona considerada epidêmica pela Organização Mundial de Saúde (OMS) – acima de 10 mortes intencionais por grupo de 100 mil habitantes/ano. A taxa de homicídios paulista até julho é de 9,75/100 mil habitantes. É a primeira vez na história recente que o Estado apresenta taxas de homicídios abaixo de 10/100 mil nos sete primeiros meses do ano. A taxa média de homicídios do Brasil é de 25/100 mil habitantes/ano.

Ações de segurança
Ainda segundo a Secretaria da Segurança Pública a redução dos homicídios está ligada à identificação e prisão de criminosos e à retirada de mais de 380 mil armas ilegais das ruas nos últimos 10 anos, A Polícia Civil tem alcançado elevadas taxas de esclarecimento de homicídios. Com medidas de gestão, a Polícia Militar tem aumentado a quantidade de policiais nas ruas, em patrulhamento. Nos sete meses iniciais de 2011, as polícias fizeram mais prisões, apreensões de armas e drogas. Esses três indicadores de atividade policial cresceram de janeiro a julho. As apreensões de armas aumentaram 2,68%, com 297 casos a mais, em relação aos primeiros sete meses de 2010 – a quantidade de apreensões de subiu de 11.082, até julho de 2010, para 11.379 em 2011. (Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.