Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

29/07/2021

Estado de SP acaba com toque de restrição e aumenta ocupação do comércio para 80%

Imagem/Arquivo/DIÁRIO
Detalhes Not�cia
Abolição do limite de funcionamento e ocupação em estabelecimentos comerciais será a partir de 17 de agosto

O governador João Doria (PSDB) anunciou ontem, quarta-feira (28), a abolição do limite de funcionamento e ocupação em estabelecimentos comerciais a partir de 17 de agosto. A nova fase é chamada de "retomada segura" pelo Governo do Estado.
Entre 1º de agosto e 16 de agosto, haverá uma "fase de transição", com a ampliação do horário de fechamento das 23 horas para a meia-noite e uma ocupação limite de 80%. O toque de restrição no Estado de São Paulo também será extinto.
"(Os locais poderão ter ocupação máxima) Desde que tenhamos a garantia do distanciamento de um metro entre os que frequentam os espaços", destacou a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, em coletiva de imprensa. Os parques estaduais passarão a abrir em horário normal a partir de domingo. "A vida está voltando ao normal no Estado de São Paulo", declarou Doria.
A vacinação da população de 18 anos ou mais contra a covid-19 foi adiantada de 20 para 16 de agosto, enquanto a de adolescentes teve o início antecipado de 23 para 18 de agosto.
O governador atribuiu a antecipação das datas à compra estadual de 4 milhões de doses adicionais da Coronavac. "Já chegaram e já foram distribuídas. E, com a ajuda de prefeitos e prefeitas, estamos podendo antecipar a vacinação."
O calendário estadual prevê a imunização da população de 28 a 29 anos desta sexta-feira (30), até 4 de agosto, enquanto o público de 25 a 27 anos terá a vez de 5 a 9 de agosto. Já quem tem de 18 a 24 anos poderá procurar os pontos de aplicação de 10 a 16 de agosto.
Na sequência, a vacinação de 18 a 29 de agosto será focada no público de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas. De 30 de agosto a 5 de setembro, a campanha vai focar em todos os adolescentes de 15 a 17 anos, enquanto os de 12 a 14 anos receberão a primeira dose de 6 a 12 de setembro.
Cerca de 748 mil pessoas não retornaram aos postos para tomar uma segunda dose. Segundo a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, o número é considerado baixo. Na cidade de São Paulo, 216 mil moradores estão com a segunda dose atrasada.
O Estado tem 4.015.426 casos e 137.740 óbitos por coronavírus confirmados. A taxa de ocupação é de 53% em UTI, de acordo com informações da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos (Seade).
Ao todo, São Paulo está com 5.907 de internados em UTI com quadro relacionado à covid-19. O número é de 5.555 hospitalizados em leitos de enfermaria. O secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, destacou que as internações caíram 62,7% e os óbitos em 57% em relação ao auge da segunda onda.
A média móvel (calculada com base nos últimos sete dias) foi de 321 novos óbitos diários pela doença na terça-feira (27). Ela está em curva descendente desde abril, mas segue superior aos registros de janeiro e fevereiro deste ano e de todo 2020, quando a taxa mais alta foi de 219 mortes diárias, em 15 de setembro.
Já a média móvel de novas internações diárias foi de 1.153 na terça, a menor de 2021. Ela também está em curva decrescente, desde 12 de junho, quando marcava 2.760 novos hospitalizados por dia, e é semelhante aos registros do fim de novembro.

(Com Estadão Conteúdo)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade