Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você acredita que Penápolis possa ser beneficiada com uma unidade do AME?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

08/08/2010

Em um ano, três vítimas de latrocínios

DA REPORTAGEM
Em apenas um ano a cidade registrou três crimes bárbaros de latrocínio (roubo seguido de morte), o último aconteceu na quarta-feira, 04, quando foi brutalmente assassinada a professora aposentada e conselheira tutelar, Rosângela Moretti Morangueira, a “Chuchu”, como era carinhosamente conhecida. Os números poderiam ser ainda maiores, mas outras vítimas felizmente sobreviveram.  A série de latrocínios iniciou no dia 06 de agosto de 2009, quando foi morto com um único disparo de arma de fogo o microempresário Gerson Martos Paliotta, 43 anos, conhecido por “Alemão”. Através de investigações o delegado Mauro Gabriel concluiu que o crime foi praticado por três bandidos, que foram identificados e presos. Neste caso, apesar dos policiais acreditarem que Alemão foi vítima de uma tentativa de assalto, o acusado afirmou que mantinha uma desavença com o microempresário. Na época os policiais salientaram que esta tentativa de descaracterizar o crime teria por finalidade impor uma pena mais branda ao acusado. O crime ocorreu na Vila Tóquio. Por volta dás 19h11, Gerson havia recebido, recebido uma ligação para entregar um botijão de gás na avenida Lions,quando foi abord[...]

Quer ler essa notícia na íntegra? Assine o Diário!

Se você é assinante do Diário, autentique-se abaixo e leia a notícia na íntegra.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.