Classificados

VÍDEOS

Morre o cantor sertanejo Davi, da dupla com Durval
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Entre aqueles, que até esta segunda-feira (13), se declararam pré-candidatos a prefeito de Penápolis, em quem você votaria nestas eleições?





CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

16/05/2013

Em pouco mais de 4 meses, Daep promove recuperação financeira

Ao assumir a gestão da Prefeitura de Penápolis em janeiro deste ano, o prefeito Célio de Oliveira, entre outros desafios, se deparou com uma dívida de aproximadamente R$ 700 mil no Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis). Isso obrigou a nova direção da autarquia a adotar mecanismos imediatos para resgatar o equilíbrio financeiro, feito esse que já foi concretizado em pouco mais de quatro meses do atual governo.
De acordo com a diretora presidente do Daep, Silvia Mayumi Shinkai de Oliveira, os pagamentos dos fornecedores em atraso, referentes às despesas de 2012, já foram todos regularizados. “Isto foi possível devido à limitação de despesas no inicio de 2013, com a redução dos custos operacionais”.
Silvia Shinkai disse que, em relação às receitas do departamento, houve um aumento da arrecadação da Taxa de Coleta de Lixo, passando de 16% para 19% referente aos pagamentos à vista.
“Além disso, no que se refere à folha de pagamento de servidores, a diretoria do Daep, com a colaboração das chefias e encarregados de serviço, diminuiu acentuadamente as horas extras”, relatou.
“Em janeiro de 2013, por exemplo,foram pagas 1.440 horas extras a 50%, totalizando R$15.952 mil. Já em abril, foram pagas 93 horas, totalizando R$1.186 mil. A redução de gastos foi muito grande, ficando em torno de R$14.765 mil”, comemorou a diretora do Daep.
Ainda de acordo com o levantamento financeiro apresentado ao prefeito Célio de Oliveira, no mesmo período foram pagas 554 horas extras a 100%  totalizando R$8.116 mil em janeiro. Já em abril foram realizadas 466 horas extras a 100%, totalizando R$6.986 mil, representando uma redução de gastos de R$1.129 mil.
A diretora lembrou ainda que em 1º de março de 2013 foi aprovado um aumento de 8% nas tarifas de água e esgoto pelo Conselho Gestor do Daep. “É este aumento que está contribuindo para que a receita do departamento reaja frente ao realinhamento dos preços dos insumos para tratamento de água e demais despesas operacionais”, avaliou ela.
De acordo com Silvia Shinkai a gestão financeira do Daep tem como prioridade a minimização de custos. “Temos vários projetos em estudo para utilização de tecnologias existentes na área de saneamento. São projetos que visam a melhoria da qualidade nos processos operacionais e que poderão ser implantados em breve, diminuindo os custos dos processos sem perder a qualidade dos serviços”, comentou. “Um desses projetos é a automação do sistema de bombeamento da água tratada”, concluiu Silvia.
Para o prefeito Célio de Oliveira, esses são alguns reflexos do intenso trabalho que vem sendo efetuado pela equipe do Daep com vistas à recuperação financeira daquele que sempre foi um departamento elogiado em todos os aspectos, inclusive na sua auto suficiência financeira.
“Sabemos que esta não é uma tarefa fácil, e que toda equipe do Daep tem trabalhado unida para restabelecer o equilíbrio financeiro. São medidas às vezes criticadas, mas necessárias para garantir uma boa gestão e a qualidade do serviço prestado”, avaliou o prefeito.

Secom – PMP 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.