Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você se preocupa em não compartilhar informações falsas sobre o Covid-19 em redes sociais na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

09/05/2019

Dia das Mães: Saidinha temporária beneficia 2,8 mil presos na região

Imagem/Arquivo DIÁRIO
Detalhes Not�cia
Penitenciária de Avanhandava foi a primeira a ter grupo de detentos soltos pela “saidinha temporária”

DA REPORTAGEM

Cerca de 2,8 mil sentenciados da região estão deixando suas respectivas unidades prisionais nesta semana em virtude do Dia das Mães. Estão inclusos neste benefício sentenciados de unidades de toda a região de Araçatuba. Os que cumprem sentença na Penitenciária Compacta de Avanhandava tiveram direito à saidinha desde a terça-feira (07). Um vídeo divulgado nas redes sociais chamou a atenção da população ao mostrar o grupo de presos sendo deixado no Terminal Rodoviário de Penápolis. O procedimento é feito para que os detentos possam embarcar nos ônibus rumo a seus destinos.
Neste mesmo dia também teve direito a saidinha os detentos das três penitenciárias de Lavínia; e no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Nova Independência. Eles devem retornar em sete dias.
Ontem (08) foi a vez de serem liberados os presos das penitenciárias 1 e 2 de Mirandópolis, do CR (Centro de Ressocialização) de Araçatuba, do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Valparaíso e da penitenciária de Valparaíso.
Hoje está prevista a liberação do terceiro grupo com direito ao benefício, sendo os sentenciados que estão no CR de Birigui e nas penitenciárias de Andradina e Getulina. O sentenciado beneficiado com a saída temporária que não se reapresentar no prazo previsto perderá o direito à progressão da pena e passa a ser considerado foragido. Assim, se recapturado, voltará ao regime fechado. 
A liberação de presos beneficiados com a saída temporária ajuda a desafogar os presídios instalados na região de Araçatuba. A “saidinha”, ou saída temporária, é um benefício garantido por lei a todos os presidiários que: estejam detidos em regime semiaberto, que já tenham cumprido um sexto da pena (um quarto, no caso de reincidentes), apresentem bom comportamento e recebam autorização de um juiz para sair temporariamente. Das seis saídas ao ano, o beneficiário pode sair cinco.
As saídas temporárias são realizadas tradicionalmente em seis ocasiões: Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Finados e Natal/Ano Novo. Elas duram até sete dias.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.