Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

21/01/2012

Crianças são atropeladas ao atravessarem rodovia

Rafael Machi
Detalhes Not�cia
Diversos populares se aglomeraram enquanto os bombeiros realizavam o resgate de uma das crianças atropeladas

DA REPORTAGEM

Dois garotos, um de sete anos e outro de 11, ficaram feridos após serem atropelados ontem por volta das 15h45, quando atravessavam a rodovia vicinal Armando Viana Egreja, na entrada do bairro Rosa Alberton, em Penápolis. Segundo informações, uma farmacêutica de 24 anos, seguia pela rodovia com seu veículo, um Ford Ka, preto, no sentido Penápolis-Avanhandava quando percebeu que as duas crianças saíram de uma rua que dá acesso ao bairro Rosa Alberton em direção ao Jardim Pevi, momento em que ela freou o veículo, mas não conseguiu evitar a colisão, arremessando-as para o acostamento do outro lado da pista. A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada para prestar socorro às vítimas, e vários populares se aglomeraram para acompanhar o trabalho dos bombeiros. As vítimas foram levadas por uma ambulância ao Pronto Socorro Municipal, onde receberam atendimento médico e permaneceram em observação. A condutora do veículo nada sofreu. Um morador próximo do local, disse a reportagem do DIÁRIO que é comum as crianças dos bairros próximos se arriscarem atravessando a rodovia perseguindo pipas. “Elas não se preocupam com o risco, atravessam a rodovia olhando para cima, e nem lembram que ali passam muitos veículos”, disse o morador que não quis se identificar. A Polícia Militar esteve no local para controlar o trânsito, que precisou parcialmente ser interditado. A recomendação da polícia é que os pais orientem seus filhos sobre o risco que correm ao perseguir pipas pelas ruas. A brincadeira deve ser praticada em campo aberto onde não oferecem perigo, com o trânsito de veículos e também com fios de energia. Os pais também devem ficar atentos para que não seja usado nas linhas da pipa o cerol que é proibido e pode causar acidentes graves, levando até a morte. (Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2022 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade