Classificados

VÍDEOS

Residência pega fogo em Penápolis
Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

03/04/2020

Coronavírus: Prefeitura estuda interditar o Parque Santa Leonor

Imagem/Arquivo DIÁRIO
Detalhes Not�cia
Com a confirmação de mais três casos e o desrespeito ao isolamento social, Prefeitura estuda interditar o Parque Santa Leonor

DA REPORTAGEM

A Prefeitura de Penápolis divulgou nesta quinta-feira (02) que mais três pacientes que estão internados em isolamento tiveram resultados positivos para o Covid-19, doença que causa o coronavírus. Os diagnósticos foram feitos através de exames rápidos adquiridos pela Prefeitura recentemente e, apesar do resultado positivo para a doença, ainda é aguardado resultado de exame pelo Laboratório Adolfo Lutz, que é o órgão oficial do Estado de São Paulo para o diagnóstico. Somente depois destes resultados é que os novos casos poderão ser notificados oficialmente. Com isso, sobe para quatro o número de casos confirmados da doença na cidade.
Segundo o que foi divulgado pelo prefeito Célio de Oliveira (sem partido) através de um vídeo, os três pacientes apresentam bom estado clínico. Ele divulgou que dois dos pacientes seria um casal, que está internado na enfermaria. Eles teriam tido bom avanço clínico e, apesar da confirmação por teste rápido, poderia receber alta médica já nos próximos dias.
O terceiro paciente testado como positivo seria um homem, morador do centro da cidade, que também permanece internado mas que teria apresentado bom estado clínico.
O prefeito divulgou também que o empresário de 53 anos, que foi o primeiro diagnosticado com a doença em Penápolis, permanece internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e que seu estado de saúde ainda inspira cuidados, estando entubado e ainda respirando com a ajuda de aparelhos. 
O secretário municipal de Saúde, Wilson Carlos Braz, informou que existe a necessidade de se manter as ações e medidas que a prefeitura vem tomando, como o isolamento social. “Há três dias não estamos recebendo novos casos suspeitos, o que indica a necessidade de mantermos o isolamento como forma de garantirmos a redução na proliferação da doença”, comentou. 

Testes rápidos
Durante a divulgação do Boletim feito pelo prefeito, houve a reprodução de áudio gravado pelo médico responsável pela UTI da Santa Casa de Penápolis, Dr. Alexandre Damo. Ele explicou que o exame mais apropriado em um paciente com suspeita do coronavírus é feito através da coleta de materiais na região interna do nariz e também da garganta do paciente. Este material é enviado ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, onde equipamentos específicos e aprimorados podem detectar a presença do vírus no material coletado e indicar a contaminação ou não do paciente. 
Sobre o chamado teste rápido, Damo explicou que se trata de um kit adquirido e que o resultado é emitido em até 20 minutos através de uma composição química existente no kit. “A gente tira uma gotinha de sangue do paciente, colocamos no leitor e no reagente, aguardando 20 minutos e ele vai marcar se existe a presença de anticorpos. Se existir estes anticorpos, significa que o organismo possui o vírus e que ele está fazendo sua defesa, por isso o teste é considerado positivo”, esclareceu.
Entretanto, ele esclareceu que a detecção destes anticorpos só acontece a partir do sétimo dia, havendo ainda a recomendação de que o resultado se torna ainda mais claro a partir do nono dia de aparecimento dos sintomas no paciente. 
“É importante destacar que, apesar deste prazo que tem que esperar, todo paciente que der entrada no hospital com sintomas e disfunção respiratória, será tratado com os protocolos atuais. Nós não vamos esperar exames que demoram até 15 dias para iniciar o tratamento, não havendo um retardo de tratamento por conta de exame”, afirmou o médico. 

Interdições
O secretário de Saúde de Penápolis pediu ao prefeito Célio de Oliveira que medidas possam ser tomadas a fim de interditar o parque Santa Leonor a fim de se evitar a aglomeração de pessoas como vem ocorrendo nos últimos dias. 
De acordo com Braz, muitas pessoas têm desrespeitado as orientações dos órgãos de saúde sobre o isolamento social e tem ido ao parque, que sempre foi referência para o encontro de pessoas e a prática de atividades físicas em Penápolis. “Muitas pessoas irresponsáveis não estão aderindo às recomendações de isolamento e estão indo ao parque, gerando aglomerações. São dezenas de carros e de pessoas que estão sendo vistas todos os dias, o que contraria as recomendações e as coloca em risco”, afirmou o secretário durante o vídeo divulgado.
Na oportunidade ele ressaltou o pedido para o isolamento do local. “Eu estou propondo a você [prefeito] que feche o Santa Leonor, por que as pessoas continuam indo ao Santa Leonor como se nada estivesse acontecendo no município de Penápolis”, pediu o secretário.
Ainda de acordo com ele, caso a medida seja adotada, é possível ainda solicitar o apoio da Polícia Militar para se evitar que as pessoas se aglomerem no parque. “Podemos pedir para a Polícia Militar, através de ofício, para que nos ajude a evitar que a pessoa vá fazer a caminhada no parque. Com isso, poderíamos isolar o local. As pessoas poderiam até caminhar, desrespeitando todas as nossas orientações, mas não no parque”, afirmou. 
Além do parque Santa Leonor, o Executivo estuda a possibilidade de interditar o Parque Maria Chica e também a área de convivência localizada no Residência Mais Parque, local também utilizado para a prática de atividades físicas.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade