Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você aprovou o novo aplicativo de notícias do DIÁRIO DE PENÁPOLIS?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

08/10/2019

Coleta terceirizada em parte da cidade começa dia 14

A partir da próxima segunda-feira (14), o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) inicia a coleta terceirizada de resíduos sólidos em parte da cidade. Moradores da região serão informados por meio de panfletos e carro som sobre os dias e horários da coleta. 
O serviço ficará a cargo da empresa penapolense Teletusa Telefonia e Construções Ltda, vencedora do processo licitatório. A empresa será responsável pelo fornecimento de equipamentos e mão de obra no município de Penápolis com o objetivo de melhorar os serviços prestados.
Segundo o presidente do Daep, Edson Bilche Girotto, o Batata, a terceirização de 50% da coleta de resíduos tem o objetivo de oferecer à população um serviço mais eficiente após o crescimento de aproximadamente 10% em extensão urbana.
“Tivemos um crescimento acentuado da área urbana e precisamos manter a qualidade do serviço de coleta de resíduos. A equipe do Daep não conseguia atender a demanda dos novos bairros com regularidade da coleta de lixo A terceirização foi a alternativa para não trazer prejuízos para a população”, destacou Batata.
A área de abrangência do contrato corresponde a toda região da cidade a partir da linha férrea sentido rodovia Assis Chateaubriand, englobando todos os bairros das zonas norte e oeste de Penápolis. 
Nesta sexta-feira (11), os funcionários da empresa contratada passarão por um processo de integração no Daep, conforme exigência contratual. O acompanhamento, a fiscalização e avaliação da execução dos serviços serão feitos pelo Daep. 
A vigência do contrato é de 12 meses, podendo ser prorrogado. No processo licitatório, foi estabelecido o pagamento de R$ 149,78 por tonelada. A estimativa é de recolhimento de 18 toneladas diárias.
A empresa deverá dispor de no mínimo um veículo de coleta/compactador reserva para o caso de quebra ou outra razão que impossibilite o uso dos veículos disponibilizados. Os veículos utilizados para execução dos serviços de coleta domiciliar não poderão ter idade superior a cinco anos de fabricação durante a vigência do contrato.
O serviço englobará a coleta de resíduos originários de residências, estabelecimentos comerciais, restaurantes, bares, hotéis, mercados, clubes, recintos de exposição, edifícios públicos em geral, feiras livres e da varrição de ruas. A disposição final dos resíduos será feita no aterro sanitário do Daep.

Secom - PMP

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.