Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você se preocupa em não compartilhar informações falsas sobre o Covid-19 em redes sociais na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

28/11/2019

Câmara adia projeto de devolução do serviço de Pronto Socorro

Imagem/Reprodução Facebook
Detalhes Not�cia
O pastor Genício Severo dos Santos é natural de Passo de Camaragipe, Alagoas

A Câmara Municipal adiou segunda-feira, dia 25, por uma semana, a votação de projeto de lei  do Executivo   com autorização  para a devolução do serviço de Pronto Socorro (PS) para a Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Penápolis. A medida do prazo foi requerida pelo vereador Francisco José Mendes, o "Tiquinho" (PSDB), para aprofundamento de estudos e ajustes na matéria. A  atual responsável pelo gerenciamento, operacionalização e execução de serviços do Pronto Socorro Municipal, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de  Birigui, formalizou que não quer a  prorrogação de contrato para o atendimento.  
O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o Dr. Rodolfo (PSD), manifestou preocupação sobre o passivo trabalhista. "O contrato vigente com a OS de Birigui  diz que ela é a responsável pelo passivo trabalhista. Por que estamos discutindo no projeto que isso será passado para Irmandade?", questionou o pessedista.  Ele também repercutiu que a nova propositura configurará a concentração de mais de 50% do orçamento da saúde do município  para uma mesma OS (Organização Social).
O vereador Evandro Tervedo Novaes (DEM), reforçou  questionamento sobre possibilidade de pagamento com duplicidade  no caso do Pronto Socorro Municipal. "O dinheiro do passivo tributário já foi passado mês a mês para OS contratada para o PS". O projeto sobre o PS retornará para votação dia 02 de dezembro.

Cidadão
A Câmara Municipal aprovou  projeto de autoria do vereador José  Antonio Ferres Chacon, o "Cabeça" (PSD),  de concessão do título de Cidadão Penapolense  ao pastor Genício Severo dos Santos. A homenagem ocorre num reconhecimento ao destacado trabalho do religioso  em ações sociais e de orientação  espiritual na cidade. Genício é natural do município de Passo de Camaragipe, em Alagoas. Entre outras atuações, é presidente das Assembleias de Deus - Ministério de Madureira, de Campo  de Taboão  em Lins, Penápolis, Santa Fé do Sul e Paranaíba (MS).

Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.