Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

04/05/2021

Cleudson é preso após nova decisão da Justiça

Imagem/Reprodução de Vídeo/Lázaro Jr. – Hojemais Araçatuba
Detalhes Not�cia
Cleudson foi apresentado no plantão policial de Araçatuba por volta das 14h deste domingo

DA REDAÇÃO

O médico anestesista Cleudson Garcia Montali, de Birigui, foi preso na tarde deste domingo (2) na casa do sogro dele, em Clementina. Policiais civis do GOE/Deic (Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais) cumpriram mandado de prisão expedido pela Justiça, conforme noticiado pelo Portal Hojemais Araçatuba.
O médico é réu em três processos relacionados à operação Raio X, deflagrada em 29 de setembro do ano passado, mas havia conseguido o benefício da prisão domiciliar, concedida pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes. Ele acatou pedido da defesa, que apresentou relatório médico atestando problemas de saúde que poderiam comprometê-lo se permanecesse na prisão.
Cleudson havia deixado o CR (Centro de Ressocialização) de Araçatuba no último dia 16 e no dia 19 a Polícia Civil comprimiu mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça nos endereços de dois médicos, de uma clínica e de um consultório em médico em Birigui, por suspeita de que o laudo médico que foi base para a concessão da prisão domiciliar teria sido falsificado.
Na ocasião foram apreendidos computadores, celulares e documentos e segundo o que foi apurado pela reportagem, foi confirmada a adulteração em exames para beneficiar Cleudson. Além disso, o médico que teria assinado o relatório apresentado à Justiça para concessão da prisão domiciliar afirmou à polícia que a assinatura no documento não é dele.

Preso
O médico foi apresentado no plantão policial por volta das 14h e após o registro do boletim de ocorrência de captura ele deve ser encaminhado ainda neste domingo para uma unidade prisional.
A reportagem apurou que Cleudson perdeu o direito de ir para o CR, assim, provavelmente será encaminhado para algum presídio da região. Gilmar Mendes determinou que ao dar entrada na prisão, ele seja submetido a novo exame para confirmar as condições de saúde dele.
Ainda de acordo com o que foi apurado pela reportagem, durante o cumprimento do mandado de prisão neste domingo, os investigadores apreenderam celulares, uma agenda e cópia do exame que teria sido falsificado. Esses materiais serão periciados e anexado aos processos. 

(Com Informações Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2021 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade