Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

13/04/2023

Cidades paulistas adotam protocolos severos para tranquilizar pais e alunos da rede pública

Imagem/Luiz Aranha - Gazeta do Interior
Detalhes Not�cia
Bálsamo, Potirendaba, Bady Bassitt, Araçatuba, Catanduva e São José do Rio Preto já iniciaram medidas e discussões sobre segurança nas escolas; PM desmente Fake News

DA REDAÇÃO

Após os últimos ataques que mataram uma professora idosa e quatro crianças, além de deixar várias pessoas feridas nos estados de São Paulo e Santa Catarina, cidades do interior paulista estão adotando protocolos de segurança mais severos para tranquilizar pais e alunos da rede pública de ensino diante da insegurança e das Fake News.

Araçatuba
Em Araçatuba e cidades desta região, as prefeituras e órgãos públicos realizam reuniões para discutir novos protocolos de segurança. A Polícia Militar reforçou o patrulhamento nas portas das escolas municipais, estaduais e também nas faculdades.

São José do Rio Preto
Três vereadores já propuseram projetos de Lei que proporcionem mais segurança nas escolas. Nesta quinta-feira (13), o tema será discutido em uma audiência pública, onde professores, diretores mães e pais de alunos serão ouvidos para que os parlamentares pensem juntos com a comunidade em ações eficazes que garantam a segurança nas unidades escolares.
A Polícia Militar já reforçou a ronda escolar nas proximidades das escolas e informou que os áudios e fotos que estão sendo espalhados por aplicativos de conversa tratam-se de Fake News. A PM ressaltou ainda, que não há ameaças concretas no município.
Nesta quarta-feira (12), o Comandante do Policiamento do Interior-5, Coronel Fábio Rogério Cândido, ministrou uma palestra com o tema: “Medidas Preventivas de Segurança em Ambiente Escolar”.
O evento foi realizado para diretores de escolas públicas e municipais. O juiz da Vara da Infância e Juventude, Evandro Pelarin, também esteve na palestra.

Bálsamo
Nesta semana, o prefeito de Bálsamo, Du Lourenço (MDB), anunciou o cancelamento das aulas nas escolas municipais até sexta-feira (14). A decisão foi tomada em conjunto com a diretora de Educação Walkiria Baracioli, para que seja montado um protocolo de segurança nas unidades escolares. As atividades serão retomadas na próxima segunda-feira (17).
“Devido aos acontecimentos dessa semana e tudo isso que está acontecendo em nosso Brasil, a preocupação de vocês é a mesma que a nossa. Os meus dois filhos e os netos da Walkiria estudam em escolas municipais. Teremos uma reunião com as nossas diretoras, com o Conselho de Pais e Mestres e Alunos das escolas municipais, com o Conselho Tutelar também, para juntos acharmos uma estratégia que realmente vai tranquilizar os pais”, disse Lourenço.

Catanduva
Em Catanduva, a Prefeitura informou que a Secretaria Municipal de Educação está em contato permanente com as Forças de Segurança Pública e Promotoria de Justiça, e que não há nenhuma ameaça concreta de alguma ação ou ataque coletivo previsto no município.
A Polícia Civil da cidade investiga o compartilhamento de áudios contendo ameaças para causar pânico e temor nos pais, alunos e professores. A recomendação é que os pais, professores e os demais servidores públicos fiquem atentos a atitudes que possam indicar uma possível ameaça. 
O Poder Público Municipal e as Forças de Segurança têm mantido o patrulhamento constante e a ronda escolar nas áreas próximas das unidades escolares, tanto municipais como estaduais, para que os alunos tenham a segurança necessária.
A Prefeitura de Catanduva recomenda ainda que, em caso de qualquer atitude suspeita, o cidadão deve comunicar imediatamente a Guarda Civil Municipal (GCM), a Polícia Militar ou a SME.

Potirendaba
Em Potirendaba, a Coordenadoria de Educação iniciou nesta semana o uso de detector de metais na Escola Municipal Maestro Antônio Amato. Além de passar pelo equipamento, os estudantes também são submetidos a uma revista pessoal nas mochilas, feita pela GCM. As medidas já vinham sendo anunciadas desde o mês passado. O objetivo é combater o bullying e a violência.
A unidade também faz o recolhimento de objetos que possam oferecer algum tipo de risco aos alunos e também o aparelho celular dos estudantes, que são devolvidos somente no final das aulas. Além disso, as equipes de educadores realizam discussões na sala de aula sobre diversos temas com os alunos. A instituição também oferece apoio psicológico.

Uchoa
Viaturas do programa “Atividade Delegada” reforçaram o patrulhamento no período de entrada, saída e horário em que os alunos permanecem dentro das escolas. Dezenas de câmeras de segurança já foram instaladas nas unidades para monitorar corredores, salas de aulas, pátios e portões nas instituições.

Bady Bassitt
A Câmara dos Vereadores anunciou nesta semana que o município vai adotar o uso do detector de metais e câmeras nas escolas municipais. Os equipamentos devem chegar no prazo de 15 dias. O patrulhamento da PM também foi reforçado.

Brasil
De acordo com um mapeamento realizado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de 2022 até abril desde ano foram listadas 22 ocorrências de ataques planejados em escolas brasileiras. 
O bom diálogo entre pais e filhos, além da ajuda de profissionais da saúde e psicólogos qualificados também são fundamentais para o adolescente que apresentar desvios de comportamento.

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade