Classificados

VÍDEOS

Penápolis no programa Cidade contra Cidade do SBT em 1989
Residência pega fogo em Penápolis

CLIMA

Tempo Pen�polis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endere�o Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

05/06/2010

Câmara: Vereador Joaquim quer lei para controle populacional de cães e gatos

O vereador Joaquim Soares da Silva, o Joaquim da Delegacia (PDT), está atuando em defesa da instituição de lei municipal para o controle populacional de cães e gatos em Penápolis. A preocupação abrange os animais abandonados. Joaquim da Delegacia alerta que enquanto o índice considerado normal de cães e gatos na cidade corresponde a 13,5% do número de habitantes da cidade, em Penápolis o número chega a 32%. "Sem um controle, as crias são constantes, o que eleva cada vez mais a quantidade de cães e gatos nas ruas", alerta Joaquim da Delegacia.

O vereador também alerta sobre os perigos à saúde pública que representa a falta de ações para limitar a proliferação de animais. "Ficamos sujeitos a surtos de doenças". Segundo Joaquim da Delegacia, a Vigilância Sanitária e Epidemiológica e a Associação de Proteção dos Animais de Penápolis também entendem como necessário o controle populacional de cães e gatos. Ele apurou até já houve na Zoonose a criação de um espaço para castração dos animais, o que não avançou. "Acredito numa parceria entre o município, a Associação de Proteção dos Animais, clínicas veterinárias e toda a comunidade. Ganham os animais e os habitantes", avalia Joaquim da Delegacia. Por criar despesas para o município, o projeto de lei de castração de cães e gatos abandonados não pode ser de iniciativa do Legislativo. Joaquim da Delegacia indicou a medida ao prefeito João Luís dos Santos (PT).

Segurança

O vereador Nardão Sacomani (DEM), reiterou ao Executivo defesa pela adoção do projeto Gratificação por desempenho de Atividade Delegada, para policiais civis e militares. A proposta foi apresentada pela Ágora na audiência sobre Segurança Pública. A Gratificação possibilita que os policiais reforcem a segurança nos dias de folga.

Educação

Nardão também pediu informações ao Executivo sobre registros de casos de bullying nas escolas municipais e ações da secretaria de educação visando coibir este tipo de violência específica no meio escolar.

O bullying é um termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais ou repetidos, praticado por um indivíduo ou um grupo com o objetivo de intimar ou agredir alguém indefeso. Imprensa/Câmara

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2024 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.

Política de Privacidade