Classificados

VÍDEOS

Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

SUA OPINIÃO

Você se preocupa em não compartilhar informações falsas sobre o Covid-19 em redes sociais na internet?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

13/12/2018

Após confusão em estacionamento, polícia vai apurar conduta de PM

DA REPORTAGEM

A Polícia Militar abriu inquérito para apurar a conduta do PM que teria entrado em luta corporal com um aposentado de 31 anos no estacionamento de um supermercado em Penápolis no fim de semana. Na ação, um disparo acidental acabou ocorrendo da arma que o PM à paisana levava com ele. O caso ganhou repercussão nas redes sociais e foi noticiado pelo DIÁRIO. 
Segundo o que foi informado, um inquérito já foi instaurado pela Polícia Judiciária Militar para apurar a conduta do PM. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) também estiveram no local no mesmo dia da confusão para os trabalhos de praxe e arma usada pelo PM foi apreendida para averiguação.
Ainda de acordo com o que foi informado, como se tratava de um PM à paisana, a Polícia Civil também vai investigar o caso para saber se houve crime por conta das lesões que o PM e o aposentado sofreram durante a luta corporal. Ninguém ficou ferido com o disparo acidental. 

Confusão
No último domingo (09), um policial militar estava à paisana trabalhando como segurança no estabelecimento.
No estacionamento, ele teria percebido a aproximação do aposentado, que teria lhe pedido dinheiro, sendo lhe informado que o supermercado estava fechado. Com a aproximação do aposentado, o PM teria sacado sua arma e se identificado como policial militar, ordenando que o homem deitasse no chão, mas ele não obedeceu e continuou em direção ao policial. 
Ambos entraram em luta corporal e o aposentado teria tentado retirar a arma, momento em que ocorreu um disparo acidental, mas não atingiu ninguém. O aposentado apresentava um ferimento na cabeça e passou por atendimento médico.
Já no Plantão Policial, e acompanhado de um tio, o aposentado que é interditado por possuir problemas mentais, teria contado que foi ao supermercado para comprar jornal quando um homem lhe abordou dizendo que era policial. Sem saber o motivo, este teria mandado que ele deitasse no chão e depois passou a lhe desferir chutes e socos, tendo ele ainda dado coronhadas em sua cabeça, lhe causando o ferimento. 
O caso foi publicado por populares nas redes sociais.

(Rafael Machi)

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.