Classificados

VÍDEOS

LIVE SOLIDÁRIA BANDA TUNA
Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar

CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

20/09/2008

Alunos dos Cursos de Biologia e Pedagogia da Funepe visitaram Áreas de Preservação

Alguns alunos dos Cursos de Pedagogia e de Ciências Biológicas da Funepe, realizaram no último dia 30, visitas técnicas à Área de Preservação Permanente (APP) do Bairro Laluce II, em Birigüi, onde puderam constatar a importância das Matas Ciliares para saúde do Córrego Machadinho, do solo e do meio ambiente de todo o seu entorno. Uma grande variedade de espécies nativas foi plantada neste local. Dessa forma, o que seria em pouco tempo uma área completamente degradada, será em pouco tempo um imenso bosque. 
A segunda etapa da visita deu-se no Roseiral, também em Birigüi, com o objetivo primordial de observar como é possível a recuperação de áreas degradadas por meio da implantação de espécies florais nativas ou ainda introduzidas, propiciando a recuperação e a proteção do solo, além da recomposição da paisagem. A visita objetivou ainda oferecer aos alunos perspectivas futuras com vistas a um novo mercado de trabalho na região, voltado para o bom uso do solo e que visa sempre a integridade do meio ambiente e a sustentabilidade do ser humano.
No período da tarde os alunos visitaram a picoleteria "Frutos do Cerrado", em Birigüi, onde conheceram um projeto ecológico, na qual a idéia central é aproveitar as frutas nativas do Cerrado na fabricação de picolés e sorvetes. O empreendimento conta com o apoio da WWF-Brasil, por meio do Projeto de Educação Ambiental na Gestão e Conservação dos Recursos Hídricos da Bacia do Alto Tocantins. As sementes retiradas das frutas são doadas para a EMBRAPA, IBAMA, ONGs e viveiros particulares que selecionam e replantam-nas, contribuindo para que as futuras gerações possam desfrutar de um bem tão precioso que é o nosso CERRADO, um rico e complexo ecossistema ameaçado de extinção. Todas as visitas descritas estiveram sob a coordenação da Profª Solange Sazima, que ressaltou: "desta maneira os nossos alunos puderam vivenciar situações de resgate da integridade do meio ambiente com geração de saúde, subsistência e renda para as populações humanas. Mais uma vez a FUNEPE na frente, em defesa do meio ambiente, pois só é possível preservar aquilo que se conhece". (A/I Funepe)
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2020 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.