Classificados

VÍDEOS

Agrosoles - Bombeamento de Água por Energia Solar
Apaixonados por carros antigos se reúnem em Penápolis

SUA OPINIÃO

Você utiliza os Ecopontos da cidade para o descarte correto de entulhos?


CLIMA

Tempo Penápolis

fale com o DIÁRIO

Fone Atendimento ao assinante & comercial:
+55 (18) 3652.4593
Endereço Redação e Comercial: Rua Altino Vaz de Mello, 526 - Centro - CEP 16300-035 - Penápolis SP - Brasil
Email Redação: redacao@diariodepenapolis.com.br
Assuntos gerais: info@diariodepenapolis.com.br

CIDADE & REGIÃO

19/10/2019

Adiado projeto de exigência de escolaridade para comissionados

Imagem/Imprensa/Câmara
Detalhes Not�cia
Projeto de autoria do vereador Pr. Bruno Marco foi adiado para novos estudos.

A  Câmara Municipal de Penápolis adiou segunda-feira, dia 14,  a votação de projeto de   lei  com criação de obrigatoriedade de exigência mínima  de escolaridade para a nomeação nos cargos comissionados (de confiança) nos órgãos  da administração municipal e do Legislativo. A medida ocorreu para  ampliação dos estudos sobre a propositura  de autoria do vereador Pr. Bruno Marco (PSD). O pessedista defende comprovação de conclusão de graduação para ocupação dos cargos do primeiro escalão e  o ensino médio completo para os demais cargos de comissionados com o objetivo de promover qualidade de atendimento.
O vereador Nardão Sacomani (DEM),  disse que a remuneração de cargos de confiança na administração municipal ainda é muito baixa  e que existem casos de pessoas que não possuem curso de nível superior, mas exercem muito bem a função. O vereador Francisco José Mendes, o "Tiquinho" (PSDB), citou  o êxito de José  Serra como ministro da Saúde, sem o mesmo ter formação na área.  O vereador Adalgiso do Nascimento, o  "Ziza"  (MDB), reforçou que a remuneração dos secretários municipais é reduzida . O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o  "Dr. Rodolfo" (PSD),  destacou a importância do projeto discutido  para promoção de debates sobre vários assuntos de interesse público. A vereadora Ester Sezalpino Mioto (PSD), repercutiu que quanto maior a especialização, as possibilidades de resultados melhores também crescem. 
Rotatória: A Câmara Municipal aprovou em regime de urgência, projeto do Executivo para suplementação orçamentária de R$ 3.705.474,41  para a construção da rotatória da Bonolat na Rodovia  Arnaldo Covolan. Os recursos têm atendimento pela Secretaria de Desenvolvimento  Regional do Estado de São Paulo.

Imprensa/Câmara

 

VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

© Copyright 2019 - A.L. DE ALMEIDA EDITORA O JORNAL. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do material contido nesse site.